Esportes

Halep e Azarenka vencem na estreia em Indian Wells; Bia entra como 'lucky-loser'

Da Redação ·

Ex-líderes do ranking, a romena Simona Halep e a belarussa Victoria Azarenka estrearam com vitória no WTA 1000 de Indian Wells, nesta sexta-feira. As duas não tiveram dificuldades no retorno ao tradicional torneio americano, cancelado em 2020 devido à pandemia de covid-19. Já a brasileira Beatriz Haddad Maia conseguiu uma vaga na chave principal como "lucky-loser".

continua após publicidade

Azarenka foi quem encontrou mais tranquilidade na estreia, direto na segunda rodada. A experiente tenista contou com o abandono da polonesa Magda Linette no segundo tempo. A favorita vencia por 7/5 e 3/0 quando a adversária desistiu. Na terceira rodada, Azarenka poderá enfrentar a checa Petra Kvitova.

Halep, por sua vez, superou a ucraniana Marta Kostyuk por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/1. Ainda buscando sua melhor forma técnica, após seguidas lesões neste ano, a romena poderá cruzar com a britânica Emma Raducanu, atual campeã do US Open, na terceira rodada.

continua após publicidade

A polonesa Iga Swiatek, segunda cabeça de chave, e a ucraniana Elina Svitolina, quarta pré-classificada, também venceram na estreia. Swiatek bateu a croata Petra Martic por 6/1 e 6/3, enquanto Svitolina superou a checa Tereza Martincova por 6/2 e 7/5.

Também avançaram as cabeças de chave Anastasia Pavlyuchenkova (9ª), Jelena Ostapenko (24ª), Veronika Kudermetova (25ª) e Sorana Cirstea (32ª). Elise Mertens (14ª) e Jil Teichmann (31ª) se despediram de forma precoce na quadra dura do torneio americano.

Eliminada na última rodada do qualifying, Bia Haddad contou com três desistências para entrar na chave principal. A número 1 do Brasil e 115ª do mundo começa direto na segunda rodada, partindo de boa pontuação e premiação no torneio. Ela estreará na chave principal contra a egípcia Mayar Sherif, 72ª do ranking.

CHAVE MASCULINA - Desfalcada do chamado Big 3, a chave masculina de Indian Wells é liderada pelo russo Daniil Medvedev, campeão do US Open, e pelo grego Stefanos Tsitsipas, atual vice de Roland Garros. O brasileiro Thiago Monteiro foi derrotado na estreia, na quinta. Mas o País será representado pelos duplistas Bruno Soares e Marcelo Melo e seus respectivos parceiros.