Esportes

Gui Khury se torna o mais jovem atleta a conquistar uma medalha no X-Games

Da Redação ·

Gui Khury entrou para a história mais uma vez. Depois de ter se tornado o primeiro atleta a completar um 1080º, o brasileiro conseguiu nesta sexta-feira ser o mais jovem atleta da história do X-Games a subir no pódio. Na edição realizada em Chiba, no Japão, o skatista do Brasil terminou com o bronze na disputa do skate vertical e se tornou o mais novo da história da competição a subir no pódio, com 13 anos e 4 meses.

continua após publicidade

Em 2021, Gui Khury já havia feito história no X-Games, conquistando três recordes mundiais no Guiness: 1º como atleta mais jovem a participar da competição, o 2º por ser o mais jovem a ganhar medalha de ouro no X-Games, ao vecer a disputa de melhor manobra, e o 3º por ser o primeiro a dar a manobra 1080º em uma competição.

Na disputa do skate vertical nos X-Games de Chiba, Gui Khury levantou o público presente. Com uma linha de manobras arriscadas, com 540º, 720º e um 900º, o atleta se colocou entre os melhores e entrou para a história da competição ao subir no pódio. O garoto ainda tem mais uma modalidade para participar, a prova de Best Trick - Melhor Manobra, no skate vertical, que acontece neste sábado (22). Gui será o único brasileiro a participar dessa prova.

continua após publicidade

O Brasil também teve bons resultados em outras provas. Rayssa Leal, Pamela Rosa e Gabi Mazetto disputaram as eliminatórias do street feminino e avançaram à final. Yndiara Asp, por sua vez, foi para a decisão do park.

Confira a classificação da final no Vertical:

1. Jimmy Wilkins (EUA)

continua após publicidade

2. Moto Shibata (JAP)

3. Gui Khury (BRA)

4. Elliot Sloan (EUA)

5. Tate Carew (EUA)