Esportes

Guarani não joga bem e Botafogo vence por 2 a 0 no Brinco de Ouro da Princesa

Da Redação ·

Em uma noite de baixo rendimento, o Guarani perdeu para o Botafogo, por 2 a 0, nesta quarta-feira à noite, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. O time campineiro, com altos e baixos, completou quatro jogos sem vitória, ficando com quatro pontos e na lanterna do Grupo A. O eficiente Botafogo se reabilitou da derrota para a Inter de Limeira, por 3 a 0, e agora tem oito pontos no Grupo C.

continua após publicidade

Aparentemente o jogo começou equilibrado, mas o Botafogo mostrava um melhor posicionamento em campo, esperando o Guarani na intermediária para atacar em velocidade. O time de Campinas errava passes e falhava na marcação.

O Botafogo se aproveitou do bom momento para marcar dois gols. O primeiro saiu aos 10 minutos. Num contra-ataque pelo lado direito, o cruzamento saiu em direção ao centro da área. Ninguém alcançou e a bola sobrou do lado esquerdo dom Jean Victor, que ajeitou e bateu cruzado.

continua após publicidade

O gol desestabilizou o time de Campinas, que na tentativa de sair ao ataque deixava espaços na sua defesa. O Botafogo soube aproveitar bem estas falha e aumentou o placar aos 32 minutos. Em outra jogada em velocidade, Tiago Reis saiu pelo lado direito e percebendo o goleiro Maurício Kozlinski, tocou por cima. A bola subiu, quicou na pequena área e estufo as redes. Um belo gol.

No segundo tempo o Guarani tentou entrar no jogo. O técnico Daniel Paulista fez duas trocas. Entraram o volante Rodrigo Andrade no lugar do lateral Mateus Ludke e o atacante Maxell no lugar do também atacante Yago.

Apesar das mudanças, o Guarani não melhorou. O visitante teve mais duas chances para ampliar, exigindo grandes defesas de Maurício Kozlinski. Aos oito minutos em falta cobrada por Jean Victor e que o goleiro saltou para espalmar e aos 11 minutos quando Dudu invadiu a área pelo lado esquerdo e o goleiro, de novo, apareceu no chão para a dividida.

continua após publicidade

O Guarani não se acertou. Na melhor chance para marcar, Maxell passou vergonha. Mesmo na pequena área, ele chutou por cima do travessão. Aquele lance típico em que a bola quica no chão e bate na canela do atacante. Isso aos 31 minutos, comprovando a noite ruim dos bugrinos.

No final de semana, pela sexta rodada, o Guarani vai enfrentar o Novorizontino, sábado, às 16 horas, na cidade de Novo Horizonte. Nos mesmos dia e horário, o Botafogo vai receber o Água Santa no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

GUARANI 0 X 2 BOTAFOGO

GUARANI - Maurício Kozlinski; Mateus Ludke (Rodrigo Andrade), Ernando, Derlan e Matheus Pereira; Bruno Silva, Índio (Eduardo Person) e Giovanni Augusto; Júlio César (Ronald), Lucão do Break e Yago (Maxell). Técnico: Daniel Paulista.

continua após publicidade

BOTAFOGO - Deivity (Rafael Pascoal); Marlon, Joaquim, Joseph e Jean Victor; Tárik, Fillipe Soutto, Matheus Carvalho (Bruno Michel) e Emerson Santos; Dudu (Luis Morales) e Tiago Reis (Hélio Paraíba). Técnico: Leandro Zago.

GOLS - Jean Victor aos 10 e Tiago Reis aos 32 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Matheus Delgado Candançan.

CARTÕES AMARELOS - Derlan e Matheus Pereira (Guarani). Jean Victor e Joseph (Botafogo)

RENDA - R$ 32.486,00.

PÚBLICO - 2.228 pagantes (2.443 total).

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).