Esportes

Guarani bate Ferroviária e classifica São Paulo às quartas de final do Paulistão

Da Redação ·

Com gol no fim, o Guarani conquistou uma importante vitória na tarde deste sábado pela 11ª e penúltima rodada da primeira fase do Paulistão. Recebeu a Ferroviária no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), e fez 2 a 1. O resultado acabou beneficiando o São Paulo, que assegurou sua classificação às quartas de final sem precisar entrar em campo - visitará o Mirassol no domingo.

continua após publicidade

Com a vitória, o Guarani chegou a 13 pontos e entra provisoriamente no G2 do Grupo A. Já a Ferroviária segue com dez pontos na terceira posição do Grupo B e praticamente está fora do mata-mata. Isso porque o São Bernardo, segundo colocado, já tem 15.

No Paulistão, o Guarani volta a campo no domingo, dia 20, quando visita o São Bernardo no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo (SP), pela 12ª e última rodada da primeira fase. Antes, na terça-feira, às 21h30, tem o duelo diante do Vila Nova-GO pela segunda fase da Copa do Brasil.

continua após publicidade

A Ferroviária ainda tem mais dois jogos no Paulistão. Na quarta-feira, às 19h, enfrenta o Santos na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, em partida adiada da 10.ª rodada. No domingo seguinte, às 16h, encara o Mirassol no mesmo local.

Os times fizeram um duelo equilibrado, mas sem tanta qualidade. Mesmo assim, o Guarani conseguiu abrir o placar cedo, aos 16 minutos. Giovanni Augusto deu um toque por cima do zagueiro e deixou Ronald na cara do gol, que só tocou na saída do goleiro para marcar.

O primeiro tempo teve algumas emoções e presença do VAR. Logo depois do gol, o zagueiro João Victor, do Guarani, levou o vermelho, mas a arbitragem marcou impedimento antes do lance da expulsão, confirmado pelo VAR. Com isso, o cartão foi retirado.

continua após publicidade

Aos 32 minutos, a Ferroviária chegou ao empate. João Lucas cruzou no começo da grande área e Orejuela surpreendeu o goleiro com boa cabeçada. Pouco depois o VAR entrou em ação novamente para anular o gol do Guarani, marcado por João Victor, que estava impedido.

Os times continuaram lutando muito pela vitória no segundo tempo. O Guarani chegou com perigo em chutes de Lucão do Break, para fora, e Mateus Ludke, que parou na boa defesa de Saulo. A Ferroviária respondeu duas vezes com Hygor, mas o goleiro Maurício Kozlinski defendeu ambas.

Já na parte final, aos 38, o time de Campinas achou o gol da vitória. Após cobrança de escanteio, Lucão desviou de cabeça e acertou o travessão e na sobra, Índio, praticamente no susto, cabeceou para o gol. Depois disso, o Guarani segurou bem o jogo e confirmou o resultado.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA:

GUARANI 2 x 1 FERROVIÁRIA

continua após publicidade

GUARANI - Maurício Kozlinski; Mateus Ludke, João Victor (Derlan), Ronaldo Alves e Matheus Pereira; Madison (Bruno Silva), Índio e Giovanni Augusto (Nicolas Careca); Lucão do Break, Ronald e Yago (Lucas Venuto). Técnico: Daniel Paulista.

FERROVIÁRIA - Saulo; Bernardo, Bruno Leonardo, Didi e João Lucas; Guilherme Nunes, Uillian Correia (Vitinho) e Thomaz (Rafael Luiz); Hygor (Netto), Orejuela (Gleyson Caveirão) e Bruno Mezenga. Técnico: Elano.

GOLS - Ronald aos 16 e Orejuela aos 32 minutos do primeiro tempo. Índio aos 38 minutos do segundo tempo.

continua após publicidade

CARTÕES AMARELOS - Maurício Kozlinski e Madison (Guarani); Guilherme Nunes (Ferroviária.

ÁRBITRO - Thiago Luis Scarascati.

RENDA - R$ 43.180,00.

PÚBLICO - 2.706 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).