Esportes

Grêmio domina Chapecoense, mas perde e é vaiado na estreia em casa pela Série B

Da Redação ·

O Grêmio permanece sem vencer na Série B do Brasileiro. Depois de estrear com empate sem gols diante da Ponte Preta, em Campinas, o time gaúcho fez seu primeiro jogo na Arena Grêmio e acabou derrotado pela Chapecoense, por 1 a 0, na noite desta sexta-feira. Depois de ver o adversário dominar boa parte do duelo, Matheus Bianqui saiu do banco de reservas e deu a vitória para o time visitante, com gol no segundo tempo. Uma estreia em casa negativa do Grêmio, diante de mais de 23 mil torcedores, que não pouparam vaias ao final da partida.

continua após publicidade

Com o resultado, a Chapecoense - também havia estreado com um empate, por 1 a 1, diante do Ituano - foi aos quatro pontos e assumiu a liderança provisória. Já o Grêmio está estacionado com um ponto e viu seus principais adversários na briga pelo acesso saírem na frente.

O time gaúcho controlou a partida desde o começo, tendo mais posse de bola e criando as melhores chances nos primeiros minutos. A primeira oportunidade real de gol saiu aos 14 minutos, quando Bitello deu um passe de calcanhar para Ferreira, que chutou de primeira, mas o goleiro Vagner voou na bola para fazer a defesa.

continua após publicidade

Do outro lado, a Chapecoense se fechava bem na defesa e tentava responder em contra-ataques rápidos. Aos 22, Fernando avançou com liberdade e cruzou na medida para Perotti, que mesmo de frente para o gol, cabeceou para fora. Nos minutos finais, o Grêmio teve mais duas boas chances. Aos 34, Bitello levantou na área e Elias cabeceou para fora e, aos 45, Lucas Silva arriscou um chute cruzado que saiu por cima do gol. O primeiro tempo terminou zerado.

Na volta do intervalo, o duelo seguiu da mesma forma, com o Grêmio pressionando e a Chapecoense se defendendo. Aos cinco minutos, Campaz arriscou de fora da área e Vagner teve que se esticar inteiro para fazer a defesa. A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco e os dois times passaram a buscar espaços para chegar com perigo ao gol adversário.

Em um desses lances, aos 29 minutos, a Chapecoense pulou na frente do placar. Derek serviu Matheus Bianqui, que encheu o pé. A bola ainda bateu no travessão e depois morreu no fundo das redes. A partir daí, o Grêmio se mandou ao ataque para pelo menos chegar ao gol de empate, mas sem sucesso.

continua após publicidade

Os dois times voltam a campo no final da próxima semana para a disputa da terceira rodada da Série B. Na quinta-feira (21), feriado de Tiradentes, o Grêmio recebe o Guarani, na Arena Grêmio, às 16h30. Na sexta-feira (22), a Chapecoense recebe o Vasco, na Arena Condá, às 21h30.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 1 CHAPECOENSE

continua após publicidade

GRÊMIO - Brenno; Rodrigues (Edilson), Pedro Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva) e Bitello (Kevin Quejada); Campaz (Gabriel Teixeira), Elias (Ricardinho) e Ferreira. Técnico: Roger Machado.

CHAPECOENSE - Vagner; Ronei, Léo, Victor Ramos e Fernando; Marcelo Freitas, Betinho (Matheus Bianqui), Lima (Derek) e Luizinho (Orejuela); Maranhão (Claudinho) e Perotti (Xandão). Técnico: Gilson Kleina.

continua após publicidade

GOL - Matheus Bianqui, aos 29 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRA - Edina Alves Batista (SP).

CARTÕES AMARELOS - Victor Ramos, Luizinho e Matheus Bianqui(Chapecoense).

PÚBLICO - 23.500 presentes.

RENDA - R$ 975.461,00.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).