Esportes

Gaetano Di Mauro vence 1ª prova da 6ª etapa da Stock Car; Bruno Baptista leva 2ª

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Gaetano Di Mauro teve a prova entregue para si, já que os três carros à sua frente tiveram que fazer suas paradas obrigatórias nas últimas voltas. Ele venceu a primeira corrida da sexta etapa da Stock Car. César Ramos e Matias Rossi completaram o pódio.

continua após publicidade

A corrida foi marcada por um alto número de entradas do safety car, especialmente por conta de acidentes e também pelas condições de pista, que estava molhada em decorrência da chuva na região do Velopark, no Rio Grande do Sul.

A prova começou a ser disputada com o safety car e, logo após a saída dele, Marcos Gomes, que liderava a corrida, sofreu um acidente e provocou uma nova entrada do safety car. Allam Khodair também bateu com força e também precisou ser retirado do circuito. Na 10ª volta, Felipe Massa usou o fan push para tentar chegar à liderança da prova, mas saiu do traçado ideal, foi para fora da pista e, num solavanco, a frente do carro ficou estragada. Fim de prova para ele, além de uma rápida entrada do safety car.

continua após publicidade

Felipe Baptista assumiu a liderança após a batida de Marcos Gomes e passou a ser seguido por Guilherme Salas, que se aproveitou do acidente de Felipe Massa. Gabriel Casagrande, líder do campeonato, perdeu o controle do carro e rodou na pista, saindo da prova. Na saída de box, Diego Nunes se chocou com a parede.

A um minuto do final, Júlio Campos teve de ir ao box para fazer sua parada obrigatória e perdeu a liderança da prova. Denis Navarro, que estava em segundo, também teve de fazer o mesmo, assim como Rubens Barrichelo. Os três tinham parado durante uma das entradas do safety car. Por conta disso, Gaetano di Mauro assumiu a liderança da prova, embora seu carro estivesse com um pouco de fumaça. Lucas Foresti, no fim da corrida, sofreu uma batida e, com o carro destruído, conseguiu completar a prova. Depois, o carro começou a pegar fogo, mas foi o suficiente para passar pela linha de largada.

SEGUNDA PROVA DO DIA

continua após publicidade

Bruno Baptista até perdeu a posição para Matias Rossi, mas se recuperou e conseguiu vencer a segunda prova da sexta etapa da Stock Car, disputada neste domingo, 3, no Velopark, embora o argentino estivesse na cola. A segunda etapa seguiu o ritmo da primeira, com muitos acidentes e um alto número de entradas do safety car. Gabriel Casagrande, um dos líderes do campeonato, não concluiu a prova. O pódio foi completado por Daniel Navarro, em 3º. Vencedor da primeira etapa, Gaetano Di Mauro terminou a prova na 4ª colocação.

Na segunda prova, como manda o regulamento da Stock Car, há a inversão de posição dos 10 primeiros colocados da primeira corrida. O décimo colocado é o primeiro; o nono, o segundo e assim sucessivamente. Nesta etapa, Galid Osman saiu à frente. Quem teve problemas novamente foi Marcos Gomes, que teve de abandonar também na primeira prova. Tony Kanaan e Felipe Baptista fecharam o caminho um do outro e se chocaram, encerrando a prova de ambos. Os dois pilotos discutiram muito na saída dos carros.

O safety car ficou na pista por mais tempo até que a bandeira verde fosse dada. A corrida retornou aos 17 minutos, na 9ª volta. Na saída dos boxes, Ricardo Zonta escorregou por conta dos pneus frios e saiu da pista. Aos sete minutos de prova, alguns acidentes: Júlio Campos e Daniel Serra bateram e rodaram, César Ramos rodou na pista e Thiago Camilo passou dos limites, mas não chegou a rodar.

Bruno Baptista e Matias Rossi fizeram uma bonita disputa pela primeira colocação, e Rossi conseguiu a vantagem. Bruno se manteve atrás e, com o botão de ultrapassagem, recuperou a liderança da prova segundos depois. Com a saída de Átila Abreu, um novo safety car foi acionado. Por conta dessa última entrada, a bandeira verde foi dada para a última volta do circuito. Bruno Baptista e Matias Rossi disputaram novamente a primeira colocação, mas o cenário não mudou.