Esportes

Fluminense supera Bragantino, aumenta série invicta e segue de olho no Palmeiras

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Fluminense chegou a oito jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Red Bull Bragantino por 2 a 1, neste domingo, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda pela 19ª e última rodada do primeiro turno. O novo triunfo deu fôlego ao time carioca para seguir na perseguição ao líder Palmeiras, que também venceu neste domingo.

continua após publicidade

Com o resultado, o Flu chegou aos 34 pontos, cinco a menos do que o Palmeiras e impediu que o Red Bull Bragantino se aproximasse. O time do interior paulista ficou com 27, fora da zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores.

O estádio Raulino de Oliveira sofreu neste domingo com falta de energia elétrica, o que impediu que o VAR fosse usado. No final da partida, alguns refletores chegaram a ligar, mas sem a iluminação total.

continua após publicidade

Artilheiro do Brasileirão, com 11 gols, e principal destaque do Fluminense na temporada, o atacante Cano não estava com a pontaria afiada no primeiro tempo. O argentino entrou desatento, errou lances bobos e ficou devendo um pouco daquele bom futebol que a torcida tricolor se acostumou a ver em 2022.

Quando conseguiu acertar o pé e abrir o placar, após lançamento de André, teve o gol anulado pela arbitragem. Ele estava em posição de impedimento. Coube então a Caio Paulista criar as melhores oportunidades do Fluminense. Ele recebeu de Nonato, dividiu com Lucão e viu a bola bater na trave.

Além de Caio Paulista, o volante André saiu como ponto positivo. O jogador correu como sempre e teve participação efetiva no ataque. Chegou a exigir uma boa defesa do goleiro Lucão em um arremate de fora da área.

continua após publicidade

Diferente do que vinha fazendo no Brasileirão, o Red Bull Bragantino não conseguiu aproveitar a velocidade de Artur e Gabriel Novaes e sentiu falta de um camisa 9 como Alerrandro ou Ytalo. Sorriso tentou fazer esse papel, mas sem ser efetivo.

No segundo tempo, Cano voltou com o ímpeto de sempre. O atacante não demorou para acertar a trave do goleiro Lucão, que também fez uma grande defesa em um arremate do atacante. Mas o Fluminense estava gostando mesmo de acertar o poste, como também aconteceu com Caio Paulista.

De tanto insistir, o gol finalmente saiu em Volta Redonda. Aos 16, Matheus Martins deixou Arias na frente de Lucão. O meia tirou do goleiro e inaugurou o placar. O fato motivou Cano, que resolveu deixar o seu, um golaço. Ele recebeu uma cavadinha de Arias e, sem deixar a bola cair, acertou voleio para ampliar. Foi o 29º gol dele em 2022.

continua após publicidade

Com o Fluminense na frente do placar, o jogo ganhou em emoção. Aos 29, após cobrança de escanteio de Artur, Luan Cândido, de cabeça, fez 2 a 1. A partir daí, o clima esquentou. Felipe Amarelo fez dura falta em Helinho e levou cartão amarelo. Antes do apito final, Marrony acertou um pontapé em Kevin e acabou expulso.

Mas não deu tempo para o time paulista aproveitar a superioridade numérica. O Bragantino até chegou a pressionar, mas conseguiu criar apenas uma chance. Na cabeçada de Ramon, Fábio defendeu e assegurou mais um triunfo da equipe tricolor.

continua após publicidade

O Fluminense volta a campo no Brasileirão para enfrentar o Santos na segunda-feira, dia 1º de agosto, na Vila Belmiro, em Santos. No dia anterior, às 19h, o Red Bull Bragantino receberá o Juventude, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 2 X 1 RED BULL BRAGANTINO

continua após publicidade

FLUMINENSE - Fábio; Samuel Xavier (David Duarte), Nino, Manoel e Caio Paulista; André, Nonato (Martinelli), Nathan (Matheus Martins), Ganso (Felipe Melo) e Arias (Marrony); Cano. Técnico: Fernando Diniz.

RED BULL BRAGANTINO - Lucão; Aderlan (Andrés Hurtado), Lomónaco, Natan e Luan Cândido (Ramon); Raul, Lucas Evangelista (Helinho) e Miguel (Jadsom Silva); Artur, Gabriel Novaes (Carlos Eduardo) e Sorriso. Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Arias, aos 16, Cano, aos 20, e Luan Candido, aos 26 minutos do segundo tempo.

continua após publicidade

CARTÕES AMARELOS - André, Felipe Melo, Manoel e Nino (Fluminense); Aderlan e Carlos Eduardo (Red Bull Bragantino).

CARTÃO VERMELHO - Marrony (Fluminense).

ÁRBITRO - André Luiz de Freitas Castro (GO).

RENDA - Não divulgado.

PÚBLICO - 9.877 pagantes.

LOCAL - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).