Esportes

Fluminense joga mal e perde para o Junior, por 3 a 0, em Barranquilla

Da Redação ·

O Fluminense sofreu sua primeira derrota na Copa Sul-Americana, ao ser derrotado pelo Junior, nesta quarta-feira, em Barranquilla, na Colômbia, por 3 a 0, em duelo válido pela segunda rodada do Grupo H. Junior e Union lideram a chave, com quatro pontos, um a mais que o time carioca. O Oriente Petrolero ainda não pontuou.

continua após publicidade

O Fluminense entrou com a intenção de suportar a pressão inicial do Junior, mas não teve êxito. Em 15 minutos, os colombianos conseguiram cinco finalizações e em uma delas, aos dez, abriu o placar com Didier Moreno.

O Junior não ficava muito tempo com a bola nos pés, preferindo agredir o mais rápido possível o time carioca, que, por sua vez, só conseguiu chegar na área do adversário aos 16 minutos, quando passou a pressionar a saída de bola. David Braz, em cabeçada, fez o goleiro Viera fazer uma defesa.

continua após publicidade

Mas o domínio voltou logo para o time da casa, que abusou das bolas enfiadas no meio da zaga do Fluminense. Todas as 'segundas bolas' ficavam com os jogadores colombianos, que estiveram perto de aumentar a vantagem no placar, mas falharam nas finalizações.

Após o ritmo intenso, o Junior diminuiu o ritmo nos últimos dez minutos da primeira etapa. Foi aí que surgiu a possibilidade de o Fluminense tocar a bola, sob orientação de Ganso. Aos 42, após cruzamento de Cris Silva, Cano cabeceou com perigo.

Mas uma bobeira da zaga do Fluminense, com um pênalti de André em Giraldo, propiciou o segundo gol do Junior, marcado por Borja, ex-Palmeiras e Grêmio, aos 47 minutos.

continua após publicidade

O Fluminense voltou completamente diferente para a etapa final. Com Luiz Henrique e Pineida em campo, o time do técnico Abel Braga foi para o ataque e em dois minutos já finalizou duas vezes, a mesma quantidade dos primeiros 45 minutos.

Com muita catimba e algumas faltas ríspidas, o Junior conseguiu diminuir o ímpeto do Fluminense, que voltou a cadenciar demais o jogo, sem objetividade no ataque. Uma nova finalização só aos 23 minutos, com Ganso, em cobrança de falta. Viera fez boa defesa.

Como o Fluminense se lançou à frente, o Junior teve chances nos contra-ataques para fazer o terceiro gol. Com isso, foi acabando com o ânimo da equipe carioca, que mesmo assim fez oito finalizações na etapa final. Fred, que entrou no lugar de Cano, também tentou, mas não teve sucesso.

continua após publicidade

Nos acréscimos, para completar a péssima noite do Fluminense, Sambueza fez mais um para o Junior, aumentando o gosto amargo na garganta dos jogadores e do técnico Abel.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

JUNIOR 3 X 0 FLUMINENSE

JUNIOR - Sebastián Viera; Viáfara, Rosero, Arias e Fuentes; Didier Moreno (Serje), Giraldo, Hinestroza, Cabrera (Sambueza) e Albornoz (Cetré); Borja (Valencia). Técnico: Juan Cruz Real.

FLUMINENSE - Fábio; Nino, Manoel (Martinelli) e David Braz; Calegari (Luiz Henrique), Yago Felipe, André, Ganso e Cris Silva (Pineida); Arias (Willian) e Cano (Fred). Técnico: Abel Braga.

GOLS - Didier Moreno aos dez e Borja aos 47 minutos do primeiro tempo. Sambueza, aos 49 do segundo.

CARTÕES AMARELOS - Giraldo, Cris Silva, Yago Felipe, Cabrera, Manoel, Borja, Hinestroza.

RENDA E PÚBLICO - não fornecidos.

LOCAL - Barranquilla.