Mais lidas

    Esportes

    BRASILEIRÃO

    Flamengo supera Palmeiras no Maracanã e aumenta tabu

    Na estreia do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Palmeiras travaram um duelo que vem tomando à frente do futebol do país nos últimos anos

    Flamengo supera Palmeiras no Maracanã e aumenta tabu
    Foto por Reprodução
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 30.05.2021, 18:17:00 Editado em 30.05.2021, 19:38:32
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Na estreia do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Palmeiras travaram um duelo que vem tomando à frente do futebol do país nos últimos anos. Além de disputar a hegemonia na elite, sendo os últimos campeões do torneio nacional e da Copa Libertadores, a rivalidade segue acirrada - e no primeiro jogo da competição não foi diferente.

    Mas, no detalhe, os cariocas saíram do estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, neste domingo, com os primeiros três pontos após a vitória por 1 a 0. Com ela, o Flamengo aumenta a recente invencibilidade contra o Palmeiras para oito jogos sem perder: são quatro vitórias e quatro empates, incluindo a dramática final da Supercopa do Brasil.

    O Palmeiras, por sua vez, vinha de 12 jogos sem perder até sucumbir para o São Paulo na final do Campeonato Paulista. E, agora, em mais um duelo contra os cariocas, sai de campo sem a vitória.

    Marcação cerrada, jogo faltoso e muita correria de ambos os lados. Se o começo da partida pudesse ser resumido em uma frase seria assim. Apesar de o embate entre Flamengo e Palmeiras produzir bastante expectativa sobre um futebol vistoso, considerando o que os times vêm mostrando em suas últimas temporadas, não foi o que aconteceu no Maracanã neste domingo.

    Mas o saldo do primeiro tempo pendeu para o lado do Palmeiras, que criou mais chances de gol, principalmente com o atacante Rony, o melhor jogador da equipe até então. O Flamengo chegou bem apenas uma vez, aos 11 minutos, com o atacante Pedro, que, quase sem ângulo perto da pequena área, tentou tirar do goleiro Weverton, mas sem sucesso, ganhando somente um escanteio no lance.

    Ele teve o duro trabalho de substituir o atacante Gabriel, a estrela do time que não esteve entre os relacionados por causa de uma indisposição gástrica. Porém, Pedro ficou apagado durante boa parte do jogo até fazer o gol que definiu a vitória, na reta final da partida.

    O Flamengo, confuso, não conseguia desenvolver jogadas ofensivas que chegassem a dar trabalho para Weverton, o que vem sendo reclamação constante da torcida, que se divide sobre a gestão do técnico Rogério Ceni, mesmo com as conquistas do último Brasileirão, Supercopa do Brasil e do Campeonato Carioca.

    Já os visitantes aproveitavam as brechas dos adversários para chegar com perigo ao gol. A chance de ouro para o Palmeiras veio aos 17 minutos em uma linda jogada, que começou com um lançamento de Raphael Veiga para Rony nas costas da defesa flamenguista. O atacante foi para a linha de fundo, pela direita, e cruzou na medida para Luiz Adriano, que chutou à queima-roupa em cima do pé de Diego Alves, que contou com a sorte no lance para defender e evitar o primeiro gol da partida.

    Em outros dois lances, Rony participou de forma mais ativa em finalizações. Aos 29 minutos, chegou a balançar as redes, mas estava impedido, e sete minutos depois chutou de fora da área, mas parou novamente em Diego Alves, que espalmou para fora.

    Na volta do intervalo, o Flamengo acordou na partida e tomou as rédeas, principalmente com maior participação dos responsáveis por armar as jogadas: Éverton Ribeiro, Diego e Arrascaeta. A posse de bola e a troca de passes envolvente criou espaços e o jogo ficou mais aberto para os donos da casa, que chegavam muito bem com as investidas de Bruno Henrique, que fizeram o time conseguir a vitória com a mudança de mentalidade na etapa final.

    O único bom lapso do Palmeiras no segundo tempo foi aos 10 minutos, mais uma vez com grandes defesas de Diego Alves em dois lances seguidos de Rony e Matías Viña. Depois disso, o Flamengo pressionou e teve sua melhor chance antes do gol definitivo. Em cobrança de falta, aos 24, Arrascaeta levantou na área e Rodrigo Caio escorou de peixinho, obrigando Weverton a fazer bela defesa.

    Seis minutos depois veio o gol da vitória, mostrando a grande superioridade que o Flamengo vinha tendo. Bruno Henrique, em velocidade pela esquerda, passou por dois marcadores antes de cruzar para Pedro deixar o seu no Maracanã e garantir os três pontos para os anfitriões. Com um carrinho, o atacante, que não fazia bom jogo, foi oportunista e conseguiu alcançar a bola e mandar para as redes.

    O gol deu mais tranquilidade para os donos da casa administrarem o resultado. Já o Palmeiras teve a última chance com Gustavo Scarpa, mas Diego Alves, mais uma vez, salvou o lance e espalmou sem dar rebote. As boas defesas do goleiro, combinadas com um segundo tempo bem melhor do Flamengo, deram à equipe carioca o fôlego necessário para a primeira vitória no Brasileirão.

    FICHA TÉCNICA

    FLAMENGO 1 x 0 PALMEIRAS

    FLAMENGO - Diego Alves; Isla, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luis; Diego (Hugo Moura), Gerson, Arrascaeta (Michael) e Éverton Ribeiro (Vitinho); Bruno Henrique e Pedro (Rodrigo Muniz). Técnico: Rogério Ceni.

    PALMEIRAS - Weverton; Luan, Gustavo Gómez, Alan Empereur e Gabriel Menino; Felipe Melo (Danilo), Patrick de Paula (Zé Rafael), Raphael Veiga (Gustavo Scarpa) e Matías Viña (Victor Luis); Rony e Luiz Adriano (Wesley). Técnico: Abel Ferreira.

    GOL - Pedro, aos 30 minutos do segundo tempo.

    CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Caio e Vitinho (Flamengo); Patrick de Paula, Matías Viña e Wesley (Palmeiras).

    ÁRBITRO - Anderson Daronco (Fifa-RS).

    RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

    LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Flamengo supera Palmeiras no Maracanã e aumenta tabu"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.