Esportes

Ferrari domina e Leclerc é o mais rápido no 1º treino livre do GP da Espanha

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Após ser desbancada pela Red Bull no GP de Miami de Fórmula 1, a Ferrari mostrou força no primeiro treino livre do GP da Espanha, nesta sexta-feira. O monegasco Charles Leclerc foi o mais rápido na abertura do fim de semana, seguido pelo espanhol Carlos Sainz Jr. O holandês Max Verstappen veio logo atrás da dupla da equipe italiana no Circuito da Catalunha, nos arredores de Barcelona.

continua após publicidade

Leclerc obteve a melhor marca da primeira sessão, com 1min19s828, seguido do companheiro de Ferrari, com 1min19s907. O atual campeão da F-1 anotou 1min20s164. Todos usaram pneus macios, os mais rápidos disponíveis para um fim de semana cercado de expectativas em razão das possíveis novidades nas equipes.

Tradicionalmente, o GP da Espanha é marcado por atualizações e novidades nos carros, por ser a primeira etapa do campeonato na Europa, mais perto das bases das equipes. Isso facilita a chegada de novas peças e componentes, que vêm sendo testados desde a primeira prova do ano, em março.

continua após publicidade

Apesar disso, o primeiro treino livre no circuito espanhol não surpreendeu. Como vem sendo rotina na temporada até agora, Ferrari e Red Bull se alternaram com os melhores tempos. Verstappen até foi um pouco superior aos rivais quando todos estiveram com pneus médios ou duros.

E, mais uma vez, a Mercedes exibiu ligeira evolução, como já havia feito em Miami, há duas semanas. O inglês George Russell anotou o quarto tempo da sessão, com 1min20s590. O heptacampeão mundial Lewis Hamilton obteve a sexta marca, com 1min20s811. Entre eles ficou o piloto da casa Fernando Alonso, com 1min20s768, com sua Alpine.

O Top 10 contou ainda com o britânico Lando Norris (1min21s279), da McLaren, do francês Pierre Gasly (1min21s422), da AlphaTauri, com o australiano Daniel Ricciardo (1min21s737), o outro piloto da McLaren, e o japonês Yuki Tsunoda (1min21s814), da AlphaTauri.

continua após publicidade

O mexicano Sergio Pérez, quase um fiel escudeiro de Verstappen, não esteve nesta primeira sessão. A Red Bull optou por dar chance ao estreante Juri Vips, que obteve o 20º e último tempo, com 1min24s138. Outro estreante, correndo em caráter de teste, foi o holandês Nyck de Vries, campeão da Fórmula E. Correndo pela Williams neste fim de semana, ele foi mais rápido que o titular Nicholas Latifi: 1min22s920 contra 1min23s011.

A sessão teve ainda o veterano Robert Kubica na pista. O polonês, fora do grid como titular d F-1 desde o fim de 2019, ocupou o lugar do chinês Guanyu Zhou na Alfa Romeo. Kubica anotou o 13º melhor tempo, com 1min21s975.

Os pilotos voltam à pista catalã ao meio-dia desta sexta para o segundo treino livre. O terceiro está marcado para as 8h de sábado. No mesmo dia, o grid de largada será definido a partir das 11h. E, no domingo, a corrida terá início às 10h.