Esportes

Felipe Jonatan vibra com marca pelo Santos em 2020 e projeta semi contra o Boca

Da Redação ·

No empate contra o Ceará, no último domingo, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro, Felipe Jonatan alcançou a marca de 50 jogos pelo Santos na temporada. Titular absoluto da equipe comandada pelo técnico Cuca, o lateral-esquerdo lidera o elenco em número de partidas disputadas no ano.

continua após publicidade

Feliz com a marca, o defensor agradeceu a comissão técnica e o departamento médico do clube pela forte preparação física. "Muito feliz por ter alcançado esse número. Poder ter atuado em 50 das 52 partidas da equipe no ano é uma marca bem relevante para mim. Acho que essa boa sequência vem de uma junção de fatores. A primeira coisa é o cuidado com o corpo. Sou atleta, então sempre procuro estar descansando o corpo nas poucas horas vagas. Também sou bem jovem ainda, tenho apenas 22 anos e essa é a minha terceira temporada como profissional", disse.

"Por fim eu agradeço muito o suporte dos profissionais do clube, desde o Omar e o Jean, preparadores físicos, passando pelo departamento médico e a comissão técnica toda. Eles batalham todos os dias para que nós, atletas, estejamos em ótimas condições", afirmou o lateral-esquerdo santista.

continua após publicidade

Com Felipe Jonatan à disposição, o Santos segue se preparando para o duelo contra o Boca Juniors, no próximo dia 6, às 19h15, no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, na Argentina, pela partida de ida da semifinal da Copa Libertadores.

"Infelizmente estamos vindo de um resultado que não era o ideal, pois queríamos a vitória contra o Ceará. Porém, o foco total está nessa decisão contra o Boca. Faltam dois jogos para a final da Libertadores e não pensamos em outra coisa. Sabemos da qualidade do Boca. É uma equipe com muita história na competição, assim como Santos. Vamos trabalhar direto durante essa semana para chegarmos em ótimas condições no jogo mais importante da temporada", concluiu.

RENOVAÇÃO - O Santos renovou o contrato do goleiro Vladimir por mais um ano até o fim de 2021. O novo prazo já foi publicado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. Em fase final de recuperação de uma lesão sofrida no início de agosto, o jogador ficaria sem contrato nesta quinta-feira.

Aos 31 anos, Vladimir está no Santos desde 2009. Neste período, foi reserva diversas vezes e assumiu a condição de titular em 2020, depois das saídas de Everson e Vanderlei. A lesão, porém, atrapalhou os planos do goleiro.