Esportes

Felipão repete que missão do Cruzeiro é fugir da Série C: 'É o que vamos fazer'

Da Redação ·

O empate sem gols contra o Cuiabá, na terça-feira, em Belo Horizonte, praticamente acabou com as chances de acesso do Cruzeiro à Série A do Campeonato Brasileiro. Agora é preciso vencer as seis partidas que restam e torcer por uma combinação de resultados, mas para o técnico Luiz Felipe Scolari a missão do time é outra na competição: fugir do rebaixamento à Série C, como foi dito por ele quando foi contratado em outubro.

continua após publicidade

"O que eu vim fazer e o que vamos fazer é tirar o Cruzeiro da Série C. O Cruzeiro tinha 13 pontos, era o 19.º. Estávamos com oito ou nove rodadas na (zona de rebaixamento para a) Série C e agora não está. Ganhando três ou quatro pontos, estará na B. Agora, isso tudo foi montado no início do ano e não tenho como discutir como pensaram. Eu tenho que pensar na equipe que nós assumimos", afirmou Felipão.

O treinador fez questão de ressaltar que não se evita uma queda à terceira divisão nacional apenas com a camisa do Cruzeiro e títulos na história. Muito menos com a base de garotos. Com a chegada dele, os experientes atacantes Rafael Sobis e William Pottker foram contratados.

continua após publicidade

"Quando assumimos, fizemos os pontos necessários para sair da Série C. E não sai da Série C só com camisa, sai com jogadores. Não sai só com meninos, sai com jogadores mais rodados e tudo isso temos que estudar para o ano que vem. E pronto", resumiu.

Com Felipão, o Cruzeiro melhorou na Série B. Engatou uma invencibilidade de sete rodadas, se afastou da zona de rebaixamento e até chegou perto da zona de acesso. Mas o time teve uma queda brusca de rendimento e venceu apenas um dos últimos cinco jogos. Perguntado sobre o motivo da queda, não teve resposta: "Não tenho como explicar", disse.

O próximo jogo, pela 33.ª rodada, é contra o Sampaio Corrêa, que briga pelo acesso. O duelo será no dia 8 de janeiro, no estádio Castelão, em São Luis, no Maranhão. O elenco do Cruzeiro ganhará três dias de folga nesta semana. O descanso começou nesta quarta-feira e vai até sexta. Os jogadores se reapresentarão na Toca da Raposa, em Belo Horizonte, às 16 horas de sábado.