Esportes

Fagner celebra estreia no Brasileirão, mas diz: 'As dores seguirão por um tempo'

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Ele não sabe se será titular contra o Goiás neste domingo, mas após 11 jogos de ausência por causa de uma grave entorse no tornozelo direito, o lateral Fagner está novamente relacionado para um jogo do Corinthians. Será sua estreia no Brasileirão, após ser poupado nas primeiras rodadas para os duelos da Libertadores, e o camisa 23 pede um pouco de paciência pois terá de aprender a conviver com as dores.

continua após publicidade

"Todo processo de recuperação é delicado. Nunca havia passado por um processo como esse, uma lesão delicada. Foram dias difíceis, a gente não gosta, quer estar jogando, ajudando de alguma forma. A gente tem de ter cabeça fria, pois tenta fazer as coisas, mas é algo clínico e não consegue se livrar das dores do dia para a noite, requer tempo", enfatiza o lateral, sem esconder a ansiedade por voltar a atuar.

Ele se machucou no começo de maio, em confronto com o Deportivo Cali, da Colômbia, na Neo Química Arena. "Queria estar de volta logo na semana seguinte que eu machuquei, mas foi algo delicado, que demandou todo esse tempo", explica.

continua após publicidade

"Com o passar dos dias fui melhorando, já estou há uma semana e pouco treinando com o grupo, adquirindo confiança, que pela situação da lesão incomodava em muitos aspectos", diz. Mas enfatiza que ainda terá de conviver com o problema.

"É preciso um pouco de calma ainda, não achar que está tudo muito bom, ainda tem uns cuidados", prega Fagner. "Aos pouquinhos vai voltando ao normal. A dor vai me seguir por um tempo, mas é suportável, que você vai administrando."

Vítor Pereira sempre lamentou a ausência do experiente Fagner em campo, mesmo com o time indo bem na sua ausência. O lateral-direito está de volta e não quer mais saber de ser desfalque. "É ruim ver do lado de fora e não poder ajudar. Importante voltar para ajudar de alguma forma."