Esportes

Exaltado por companheiros, Curry se mostra orgulhoso de atuação dos Warriors

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Em um jogo muito apertado e com trocas de liderança durante os quatro períodos, Stephen Curry teve atuação marcante para garantir a vitória do Golden State Warriors sobre o Boston Celtics em pleno TD Garden. O astro dos Warriors anotou incríveis 43 pontos, sendo sete bolas de três, e 10 rebotes para garantir o empate do time de São Francisco no jogo 4 das finais da NBA.

continua após publicidade

"Eu não classifico minhas performances. Senti que precisávamos avisar a todos que estávamos aqui esta noite. Seja a torcida deles, o time deles ou o nosso time, seja para quem quiser ver essa energia e esse fogo, nós nos alimentamos disso", disse o herói da noite após o jogo.

"Estou muito orgulhoso do nosso grupo, estamos de volta às séries, finalmente nos encontramos no quarto período. É louco porque eu sinto que ainda podemos jogar um pouco melhor, mas conseguir triunfar fora de casa é algo muito grande para este grupo. Estivemos aqui seis vezes, temos muita experiência, compostura, sabemos o que somos capazes de fazer. Estou grato por todos no nosso time, porque fizemos isso juntos, não há dúvidas", completou Curry.

continua após publicidade

Companheiros de time de Curry, como Klay Thompson e o líder Draymond Green, se renderam à maestria do camisa 30 dos Warriors. "O coração daquele homem é incrível. As coisas que ele faz, nós meio que damos por certo às vezes, ir lá e nos colocar nas costas. Temos que ajudá-lo na segunda-feira", disse Thompson, que ainda declarou que esta provavelmente foi a maior apresentação do companheiro em um jogo das finais.

"Ele não estava nos deixando perder. Este jogo se resume a isso", disse Green, líder do time. "Eu já previa por seu comportamento, mesmo após o jogo três, que ele chegaria aqui com este ímpeto", completou.

Após chegarem colados no placar na reta final do duelo, os Warriors fizeram 17 a 3 pontos nos últimos cinco minutos de jogo, 10 deles anotados por Curry. O atleta ainda chegou a ser dúvida para a partida após uma lesão no pé esquerdo durante o jogo três, mas o problema não pareceu incomodá-lo nesta sexta-feira.

"Nunca pareceu que fosse um fator. A parte física neste confronto é bastante dramática. O Boston tem a melhor defesa da liga, são enormes e poderosos em todas as posições. Para Steph aguentar esse tipo de pressão durante todo o jogo e ainda ser capaz de defender… acho que este é o mais forte fisicamente que ele já esteve em toda sua carreira", explicou o técnico Steve Kerr.