Esportes

Everton veste camisa do Flamengo cheio de ambição: 'Quero conquistas grandes'

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Ao lado da mulher e dos dois filhos, Everton Cebolinha foi apresentado no Flamengo nesta quinta-feira. O atacante volta ao futebol brasileiro após passagem frustrante no Benfica, de Portugal, falando em dar volta por cima na carreira e esbanjando confiança em grandes conquistas.

continua após publicidade

O jogador vestiu a camisa 19 do Flamengo, recebida das mãos do vice-presidente de Futebol Marcos Braz. Não escondeu a satisfação pelo acerto e revelou que dispensou diversas propostas, até mesmo da Europa, para concretizar sonho antigo de atuar no rubro-negro carioca.

"Estou muito feliz por estar realizando o sonho de vestir a camisa do Flamengo. Todo jogador sonha em jogar aqui, agora terei esse privilégio", afirmou o atacante. "Outros clubes me procuraram, aqui do Brasil, de fora também. Nem esperei a janela de transferências abrir e dei o ok (para os cariocas) porque eu tinha muito interesse em vestir essa camisa", revelou.

continua após publicidade

Everton só poderá estrear pelo Flamengo após o dia 18 de julho, quando abre a janela de transferências nacional. Mas já trabalha forte para ser mais uma boa opção ofensiva para o técnico Dorival Júnior.

O sonho é resgatar o futebol vistoso que o transformou em um dos destaques do País entre 2019 e começo de 2020, levando-o não somente para a Europa, mas também à seleção brasileira. "(Pelo Benfica) as duas últimas temporadas não foram da maneira como imaginávamos, não conquistamos títulos e isso dificulta o lado individual. Minha cabeça está no Flamengo e a seleção será consequência do que eu fizer aqui", disse o jogador, questionado se ainda sonha com a Copa do Mundo.

Cebolinha sabe que perdeu espaço com Tite e já não se vê na Copa do Catar. Mas esbanja ambição por muitas conquistas com o Flamengo. O time está nas quartas de final da Libertadores, nas oitavas da Copa do Brasil e buscando se reerguer no Brasileirão após início difícil.

continua após publicidade

"Tive o privilégio de estar ontem (quarta-feira) acompanhando de perto, sentindo a força da Nação, que reflete dentro de campo. Espero ser feliz com essa camisa, ter um ciclo vitorioso", observou. "Sei a dificuldade de jogar contra. Agora vou experimentar jogar a favor e espero conquistar coisas grandes com essa camisa", seguiu, sem esconder a idolatria pela nova casa. "É um time muito qualificado."

A passagem pelo Benfica, apesar dos dois anos turbulentos, no qual acabou não se firmando com Jorge Jesus, serviram para dar maturidade ao atacante. "Sou um jogador mais completo. No futebol europeu vemos o jogo de uma maneira diferente, tomando mais rápido algumas atitudes, isso pode contribuir para a minha volta", garantiu, dizendo onde pode ser mais útil. "Me acostumei a jogar pelo lado esquerdo. Mas faço outras posições e o professor Dorival vai decidir o que é melhor para mim e para o elenco."