Esportes

Espanhol comemora antes do fim e cai de 2º para 5º na MotoGP; Quartararo vence

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A etapa da Catalunha da MotoGP foi vencida neste domingo pelo francês Fabio Quartararo. Mas o triunfo do líder do campeonato acabou ofuscado por um erro bizarro do rival Aleix Espargaró, que comemorou a então segunda posição quando ainda faltava uma volta para o fim da prova. A perda de tempo na celebração custou três colocações e ele terminou em 5º.

continua após publicidade

O piloto da equipe Aprilia percorreu duas curvas em ritmo lento, gesticulando para o céu e para as arquibancadas, uma vez que era a grande esperança da torcida espanhola no Circuito da Catalunha, nos arredores de Barcelona. A celebração antecipada custou caro ao piloto, que logo viu que os adversários seguiam em ritmo forte, de olho na bandeirada.

Ele retomou rapidamente a trajetória da pista e tentou minimizar o estrago em sua corrida. Perdendo três posições, Espargaró conseguiu ainda finalizar em quinto, antes de mostrar seu constrangimento ainda no asfalto, tentando esconder a cabeça atrás do pequeno "para- brisa" da sua moto. Nos boxes, sua equipe lamentava o erro grosseiro do piloto.

continua após publicidade

O lamento tinha motivo. Além de ser a esperança da torcida, Espargaró havia largou na pole position e está na briga pelo campeonato. Por conta da confusão na penúltima volta, o espanhol desperdiçou nove pontos e perdeu a chance de encostar no líder Quartararo. O primeiro colocado geral soma 147 pontos, contra 125 de Espargaró.

Atual campeão mundial, o piloto da Yamaha fez uma prova consistente para buscar a segunda vitória no ano. Quartararo largou em terceiro, mas passou Espargaró e o italiano Francesco Bagnaia logo na largada. Aos poucos, o francês abriu boa vantagem para os rivais e venceu com tranquilidade, ainda mais depois do erro de cálculo de Espargaró, que era o segundo colocado na corrida.

O espanhol Jorge Martin e o francês Johann Zarco, ambos da equipe Pramac, completaram o pódio, com o segundo e o terceiro lugares. Em quarto, ficou o espanhol Joan Mir, da Suzuki.

Os pilotos da MotoGP voltam à pista no dia 19 deste mês para a disputa da etapa da Alemanha, no Circuito de Sachsenring.