MAIS LIDAS
VER TODOS

Esportes

Entenda por que o técnico Dorival Júnior ainda não foi anunciado pela CBF

"Anunciado" pelo São Paulo como novo treinador da seleção brasileira ainda no domingo, Dorival Júnior permanece ser ter o nome confirmado oficialmente pela CBF três dias depois - e sua apresentação, sem data definida. Inicialmente, a intenção da entidade

Marcio Dolzan (via Agência Estado)

·
Escrito por Marcio Dolzan (via Agência Estado)
Publicado em 10.01.2024, 10:20:00 Editado em 10.01.2024, 10:26:42
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

"Anunciado" pelo São Paulo como novo treinador da seleção brasileira ainda no domingo, Dorival Júnior permanece ser ter o nome confirmado oficialmente pela CBF três dias depois - e sua apresentação, sem data definida. Inicialmente, a intenção da entidade era que ele fosse apresentado em sua sede nesta quarta-feira, mas uma série de compromissos do presidente Ednaldo Rodrigues atrasou o cronograma. Agora, o anúncio oficial deverá ficar para quinta ou até mesmo sexta-feira.

continua após publicidade

A crise política na CBF é o motivo central desse atraso. Desde segunda-feira, Ednaldo Rodrigues tem se reunido com cartolas da Fifa, da Conmebol, de federações estaduais e de clubes para prestar esclarecimentos. Enquanto isso, a seleção brasileira precisa esperar.

Outro fator que está adiando o anúncio da apresentação de Dorival Júnior é a dificuldade em encontrar um coordenador técnico. O ex-jogador Filipe Luís era o preferido de Ednaldo, mas ele quer seguir carreira como treinador. Se não conseguir definir um nome até esta quinta-feira, é provável que mais uma vez um treinador da seleção brasileira seja anunciado sem que se saiba quem fará a interlocução entre ele e o comando da CBF.

continua após publicidade

Apeado do cargo pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) no início de dezembro, e reconduzido por decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, na semana passada, Ednaldo tenta retomar o apoio político. Na segunda-feira, o presidente da CBF se reuniu com representantes da Fifa e da Conmebol pela manhã. Na ocasião, ganhou apoio institucional das duas entidades, que garantiram que a confederação não será punida enquanto ele permanecer no cargo como presidente eleito.

No mesmo dia, o dirigente teve reunião de mais de quatro horas com presidentes e representantes de federações. Entre eles estava Gustavo Feijó, ex-presidente da Federação Alagoana e pai do atual mandatário, Felipe Feijó. No passado, Gustavo Feijó rompeu com Ednaldo e teve papel central na tentativa de tirá-lo do poder. Agora, os dois se reaproximaram.

Na terça-feira, Ednaldo Rodrigues se reuniu com representantes dos clubes das Séries A e B. O encontro não teve o ambiente pesado de cobrança visto com as federações, e serviu mais para o dirigente garantir que os clubes não serão afetados pela crise política - e, claro, para as agremiações reforçarem seu entendimento na formação de uma liga.

Com isso, a seleção brasileira finalmente terá seu espaço de discussão nesta quarta-feira. A expectativa é de que Ednaldo Rodrigues formalize a contratação de Dorival ao longo do dia e acelere a definição de seu coordenador.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Entenda por que o técnico Dorival Júnior ainda não foi anunciado pela CBF"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!