Esportes

Em oscilação no Campeonato Paulista, Santos acerta saída do técnico Fábio Carille

Da Redação ·

Fábio Carille não é mais técnico do Santos. O treinador deixou o clube nesta sexta-feira após uma reunião com a diretoria do clube e integrantes do Comitê de Gestão. A decisão de não seguir mais no clube foi tomada em comum acordo. O auxiliar Leandro Silva, o preparador físico Walmir Cruz e o analista de Dênis Lupp também estão de saída.

continua após publicidade

"O Santos FC comunica que Fábio Carille deixa a função de técnico do time profissional nesta sexta-feira (18). A saída aconteceu em comum acordo entre a diretoria e o treinador. O Clube agradece ao técnico pelos serviços prestados e deseja sorte em seu futuro profissional", informou o Santos em um comunicado oficial divulgado em seu site e nas redes sociais.

A falta de evolução da equipe no Campeonato Paulista já vinha incomodando a diretoria do Santos e a situação ficou ainda mais instável após a derrota por 3 a 2 frente ao Mirassol, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP), na última quinta-feira, pela sétima rodada do Estadual.

continua após publicidade

O treinador também vinha mostrando impaciência com a oscilação do time dentro da competição, algo que ficou evidente em algumas entrevistas coletivas. Carille havia sido bancado para comandar o Santos na temporada muito por ter conseguido salvar o clube do rebaixamento no Campeonato Brasileiro do ano passado depois de assumir o cargo que era de Fernando Diniz.

Carille comandou o Santos em 27 oportunidades com nove vitórias, 10 empates e oito derrotas - um aproveitamento de 45,6%. Ele deixa o clube na segunda colocação do Grupo D do Paulistão, com nove pontos. O líder é o Red Bull Bragantino, com 13.

Antes de deixar o Santos, o treinador teve o seu nome ventilado para assumir o Corinthians, que demitiu recentemente o ex-lateral-esquerdo Sylvinho. No entanto, o clube de Parque São Jorge está apalavrado com o português Luís Castro.

continua após publicidade

Sem Carille, o Santos volta ao mercado em busca de um novo nome e a tendência é que, assim como seus rivais, aposte em um técnico estrangeiro. No entanto, nomes como o de Renato Gaúcho, antigo desejo da diretoria do clube, não estão descartados.

O próximo desafio do Santos é no clássico diante do São Paulo neste domingo, às 18h30, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela oitava rodada do Paulistão. Depois, na quarta-feira, tem a estreia na Copa do Brasil contra o Salgueiro, em Salgueiro (PE).