Mais lidas

    Esportes

    Esportes

    Em dia de campanha por vacina, Cruzeiro perde clássico e passa recesso fora do G4

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 21.03.2021, 18:11:00 Editado em 21.03.2021, 18:16:21
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O Cruzeiro vai passar o recesso do futebol em Minas Gerais por causa do combate ao covid-19 fora do G4 do Campeonato Mineiro. Neste domingo, jogando mal, a equipe perdeu o clássico diante do agora vice-líder América-MG por 1 a 0, em Belo Horizonte, e dormirá na sexta posição, fora da zona de classificação às semifinais.

    Deixou a desejar jogando bola, mas deu uma lição ao pisar no gramado. O Cruzeiro entrou em campo, no estádio Independência, fazendo campanha pela vacinação contra a covid-19. Na parte de cima da camisa, a mensagem VACINA JÁ, em letras garrafais. Um alerta aos governantes.

    "A vacina protege quem recebe a imunização e todos ao seu redor, pois diminui as chances de contágio do vírus. Vacinar é salvar vidas! Juntos, vamos vencer a Covid-19!", postou o clube, informando sobre a campanha. Lembrou-se, ainda, do Dia Internacional contra a Discriminação Racial e no Dia Internacional da Síndrome de Down.

    No primeiro clássico da temporada, a meta era ganhar pela terceira vez seguida para superar o rival na tabela de classificação e passar o recesso do Campeonato Mineiro no G4, grupo dos times que vão às semifinais após as 11 rodadas. A competição para a partir desta segunda-feira, sem data para retorno, por causa das medidas de proteção contra uma maior proliferação da covid-19.

    Depois de bater URT e Athletic, porém, o teste deste domingo para o time do técnico Felipe Conceição era o maior neste seu começo de trabalho. Do outro lado estava o bom e ajustado América-MG do treinador Lisca. Mesmo buscando reabilitação após ser surpreendido pela Caldense, em casa, o clube alviverde faz início de temporada muito bom, com três triunfos no Campeonato Mineiro e um pela Copa do Brasil.

    E a prova da boa fase americana foi explícita nos primeiros 45 minutos. Com Jadson e Alan Ruschel na armação, o Cruzeiro quase não criou. O atacante boliviano Marcelo Moreno não recebeu uma bola precisa. Já os mandantes chegaram por vezes com perigo e abriram o marcador com gol de Joseph em posição irregular.

    O América-MG teve a chance de ampliar com Marcelo Toscano carimbando a trave na volta do intervalo. O duelo seguia muito duro ao Cruzeiro. De uma só vez, Felipe Conceição resolveu mexer em dose tripla para "entrar no jogo". Apresentou leve melhora, finalmente colocando o goleiro Matheus Cavichioli para trabalhar.

    Nada, porém, que fosse suficiente para igualar o marcador e evitasse o terceiro tropeço em cinco rodadas. No fim, Matheus Pereira e Eduardo Brock ainda foram expulsos. O América-MG podia ampliar no último lance, mas Léo Passos bateu uma cobrança de pênalti para fora. O triunfo, contudo, estava garantido. A parada do campeonato servirá para Felipe Conceição dar entrosamento e melhorar o ainda instável Cruzeiro.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Em dia de campanha por vacina, Cruzeiro perde clássico e passa recesso fora do G4"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.