Esportes

Duílio admite dificuldade em manter Maycon e indica saída de Luan do Corinthians

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

As negociações que cercam o mercado da bola corintiano foi o tema de uma coletiva concedida nesta terça-feira pelo presidente Duílio Monteiro Alves, em Cuiabá. O dirigente falou sobre a proximidade da janela de transferências de jogadores e expôs a situação de alguns integrantes do elenco. Na conversa, ele admitiu a dificuldade em manter Maycon e deu sinais de que o atacante Luan, em baixa no clube, deve ser um dos primeiros a sair no meio do ano.

continua após publicidade

Emprestado pelo Shakhtar Donetsk, até o final do ano, Maycon pode arrumar as malas caso o time ucraniano arrume um comprador. Apesar de ter contrato em vigor, uma cláusula do seu vínculo permite a saída do atleta. O Corinthians até poderia adquirir os direitos econômicos, mas, diante das altas cifras, essa questão está fora de cogitação.

"Se tiver proposta de compra, o Corinthians teria a prioridade, mas não temos o controle da situação para saber se ele fica ou não até o fim do ano. Tem que aguardar a janela de transferência e ver se vai surgir proposta e ver qual o caminho a seguir", afirmou o dirigente.

continua após publicidade

O zagueiro Bruno Mendez, emprestado ao Internacional até o final deste mês, também entrou na pauta. O jogador uruguaio não vem sendo utilizado pelo clube gaúcho para não atingir o limite de partidas que inviabilize uma transferência. Até aqui, ele disputou seis jogos no Brasileirão.

Duílio disse que as diretorias de Corinthians e Inter estão conversando e a tendência é que as partes cheguem a um acordo. No entanto, ele garantiu que, para o martelo ser batido, o oferta tem que ser vantajosa.

"O Bruno se adaptou bem e gostou do Internacional. Eles (dirigentes gaúchos) mandaram uma oferta que não fazia sentido. O Corinthians não vai aceitar algo só porque ele fez o número de jogos. As negociações pararam, as conversas continuam e o Inter sinalizou interesse em melhorar a proposta", comentou o presidente corintiano.

continua após publicidade

Já sobre o caso de Luan, que ainda não jogou desde a chegada de Vítor Pereira ao clube, Duílio disse que o caminho natural deve ser a sua saída. "Alguns clubes tiveram interesse e imaginamos onde pode ser bom para o Luan jogar. Queremos que ele dê certo no Corinthians, mas se ele não está indo bem aqui, é bom sair para jogar em outro lugar."

O zagueiro João Victor é outro que tem boas chances de mudar de ares. O destino seria o Benfica, de Portugal. Entre os atletas que terminam o contrato no meio do ano, Ramiro, Mateus Vital e Léo Natel têm chances de seguir com o técnico Vítor Pereira.