Dominante, Franco Morbidelli triunfa em Misano e vence a 1ª na MotoGP em 2020 - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Esportes

Dominante, Franco Morbidelli triunfa em Misano e vence a 1ª na MotoGP em 2020

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Franco Morbidelli, enfim, pôde comemorar na MotoGP. Depois de abandonar uma prova, ter azar em outras e passar susto enorme em um acidente na Áustria, o ítalo-brasileiro foi dominante na etapa de San Marino, a sétima do ano, e comemorou sua primeira vitória na temporada logo em casa.

Morbidelli, que havia saído da segunda posição, assumiu a ponta logo depois da largada e de lá não saiu mais. O piloto da Yamaha SRT fez uma corrida segura e cruzou a linha de chegada 2s217 mais veloz que o compatriota Francesco Bagnaia, da Pramac, que terminou em segundo.

O pódio foi completo pelo espanhol Joan Mir, da Suzuki, que superou o veterano Valentino Rossi no final. O italiano da Yamaha passou boa parte da prova na segunda colocação, mas errou com oito giros para o fim e permitiu a aproximação dos concorrentes até perder o terceiro lugar para Mir na volta final e terminar em quarto, deixando escapar seu 200º pódio na categoria.

Rossi acabou 0s353 atrás do pódio e brincou simulando um choro ao fim da corrida. Parceiro de Suzuki de Mir, o espanhol Alex Rins ficou em quinto, à frente do compatriota Maverick Viñales, da Yamaha, que largara na pole, mas saiu muito mal e perdeu várias posições.

Discreto em todo o fim de semana, o italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, fechou a corrida sétimo, seguido pelo japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda. O australiano Jack Miller, da Pramac, que chegou a brigar pelo pódio, finalizou em nono, e o espanhol Pol Espargaró, da Red Bull KTM, completou o top 10.

Fabio Quartararo, por outro lado, teve mais uma corrida para se esquecer. O francês da Yamaha SRT caiu duas vezes durante a disputa, primeiro na oitava volta, depois com sete giros para o fim, e não completou a prova. Com isso, perdeu a liderança do campeonato para Dovizioso, que agora soma 76 pontos, seis a mais que o antigo líder. Jack Muller é o terceiro, com 64.

O britânico Cal Crutchlow não pôde competir. Ele foi barrado pelos médicos pelo risco de contaminação no braço direito, que ainda tem uma ferida aberta por conta de uma cirurgia realizada recentemente para tratar a síndrome compartimental. A tendência é de que o piloto da LCR volte a correr na etapa da Catalunha, marcada para 27 de setembro.

Os pilotos voltam a acelerar no próximo fim de semana, na etapa da Emília Romagna, novamente no circuito de Misano, na Itália. Será a oitava corrida da temporada 2020 da MotoGP.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Dominante, Franco Morbidelli triunfa em Misano e vence a 1ª na MotoGP em 2020"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.