Esportes

Djokovic decepciona e é eliminado por espanhol na estreia em Montecarlo

Da Redação ·

Novak Djokovic voltou a decepcionar na temporada 2022. O número 1 do mundo foi eliminado logo em sua estreia no Masters 1000 de Montecarlo, nesta terça-feira. O tenista sérvio caiu diante do espanhol Alejandro Davidovich Fokina, atual 46º do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (5/7) e 6/1, em quase três horas de partida.

continua após publicidade

Foi a primeira vez que Djokovic foi eliminado em uma estreia desde 2018. Jogando em casa (ele tem residência fixa em Mônaco), o sérvio esteve aquém do esperado durante os três sets do confronto e sofreu a segunda derrota do ano, em quatro partidas disputadas. O Masters de Montecarlo era apenas o segundo torneio de Djokovic na temporada.

Antes, ele entrou em quadra somente no ATP 500 de Dubai. Nos Emirados Árabes Unidos, o líder do ranking não conseguiu passar das quartas de final. Djokovic planejava estrear na temporada no Aberto da Austrália, em janeiro, mas acabou sendo deportado pelo governo australiano por ter entrado no país sem o comprovante de vacinação contra a covid-19.

continua após publicidade

Sem ritmo de jogo, o sérvio mostrou dificuldades em sua primeira partida no saibro neste ano. Davidovich Fokina começou melhor e quebrou o saque do favorito logo no terceiro game. Djokovic chegou a devolver a quebra, mas perdeu o serviço novamente no fim da parcial, permitindo ao espanhol sair na frente na partida.

A segunda parcial teve roteiro semelhante, com o espanhol começando em vantagem. Mas o sérvio reagiu e levou o confronto para o tie-break, quando Fokina desperdiçou chances e viu o sérvio empatar o duelo com um belo ponto.

O grande ponto, contudo, não foi o suficiente para reerguer a confiança do número 1 do mundo. Demonstrando cansaço, ele não conseguiu acompanhar o ritmo do espanhol e venceu apenas um game ao longo de todo o set.

continua após publicidade

Com a grande vitória, a maior de sua carreira, o tenista da Espanha avançou às oitavas de final, quando terá pela frente o vencedor do duelo entre o belga David Goffin e o britânico Daniel Evans.

MELO E ZVEREV AVANÇAM

Formando dupla com o amigo Alexander Zverev, o brasileiro Marcelo Melo venceu mais uma na chave de duplas de Montecarlo. Eles superaram nesta terça os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, parceria cabeça de chave número quatro, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4, em 1h21min.

Na sequência, pelas oitavas, eles vão enfrentar o salvadorenho Marcelo Arevalo e o holandês Jean-Julien Rojer.