MAIS LIDAS
VER TODOS

Esportes

Diretor do Dortmund festeja a saída de Haaland: 'Se tornou um fardo no vestiário'

Muitos clubes do mundo gostariam de contar com o futebol e os gols de Haaland. Mas o Borussia Dortmund, ex-time do centroavante, optou por fazer discurso contrário e criar polêmica, garantindo que a venda do jogador ao Manchester City "veio no momento cer

(via Agência Estado)

·
Escrito por (via Agência Estado)
Publicado em 09.09.2022, 13:33:00 Editado em 09.09.2022, 13:37:48
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

Muitos clubes do mundo gostariam de contar com o futebol e os gols de Haaland. Mas o Borussia Dortmund, ex-time do centroavante, optou por fazer discurso contrário e criar polêmica, garantindo que a venda do jogador ao Manchester City "veio no momento certo" e que o norueguês "se tornou um fardo no vestiário."

continua após publicidade

Se a atitude tenta desestabilizar o atacante para duelo entre as equipes pela segunda rodada da Liga dos Campeões, na Alemanha, a resposta virá no embate de quarta-feira. Mas as palavras de Sebastian Kehl, diretor esportivo do clube alemão, foram bastante duras contra o jogador.

"Ele se tornou uma chatice no vestiário. Por mais que sempre tenhamos amado Haaland e ele tenha feito sucesso conosco, no final ele se tornou um fardo para o vestiário, o clube e todo o ambiente. Tornou-se o tema de todas as conversas", disparou o dirigente em entrevista ao jornal alemão Bild.

continua após publicidade

"Em geral, para todo o ambiente, era só ele. O momento da venda foi certo, tanto para nós quanto para o City. O fato de nossos primeiros 10 gols nesta temporada terem sido marcados por 10 jogadores diferentes mostra isso", seguiu Kehl. "Eu gostaria de ter certeza (sobre a saída de Haaland) um pouco antes, porque essa questão limitou a nossa preparação. Sem ele, temos a possibilidade de confiar nos outros jogadores", esclareceu.

Há quatro meses, o City oficializou o acordo com o jogador, que também negociou com o Real Madrid, mas não escolheu a Espanha por possível disputa de idolatria com Mbappé, que acabou renovando com o PSG. Na nova casa, Haaland já marcou 12 gols em sete jogos e vem recebendo muitos elogios. O Borussia Dortmund faz questão de frisar que o centroavante não faz falta, porém terá de se resguardar após provocar o artilheiro.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Esportes

Deixe seu comentário sobre: "Diretor do Dortmund festeja a saída de Haaland: 'Se tornou um fardo no vestiário'"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
Compartilhe! x

Inscreva-se na nossa newsletter

Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!