Mais lidas

    Esportes

    Esportes

    Direção do Guarani monitora situação de Ederson, ex-atacante do Fortaleza

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 25.03.2021, 11:53:00 Editado em 25.03.2021, 11:59:47
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Apesar do presidente Ricardo Miguel Moisés afirmar que o Guarani não deve contratar mais reforços durante a pior fase da pandemia causada pela covid-19, o atacante Ederson, ex-Fortaleza, pode pintar no estádio Brinco de Ouro da Princesa nos próximos dias. O atleta vem sendo monitorado pelo clube de Campinas (SP).

    Ederson está sem clube desde que deixou o Fortaleza e chegaria ao Guarani em uma transação que não envolveria custos. O time bugrino colocou como prioridade a contratação de um atacante e tentou, sem sucesso, nomes como Ricardo Oliveira, Felippe Cardoso, Tréllez e Hernane Brocador.

    No entanto, o Guarani enfrenta concorrência de clubes como o Goiás e o CSA. Mas o fato de disputar o Campeonato Paulista pode pesar a favor do time campineiro.

    Ederson, de 32 anos, começou no Ceará e rodou por Athletico-PR, ABC, Vasco e Fortaleza, além de passagens pelos Emirados Árabes Unidos e Japão. No currículo tem cinco títulos estaduais, além de dois nacionais (Série B do Campeonato Brasileiro pelo Fortaleza e Série C com a camisa do ABC).

    A diretoria contratou para essa temporada os seguintes jogadores: o goleiro Rafael Martins, o lateral-direito Éder Sciola, os zagueiros Airton e Thales, os volantes Índio e Rodrigo Andrade, os meias Tony, Andrigo e Régis e os atacantes Júlio César e Mateus Davó.

    Enquanto aguarda a retomada do Paulistão, o elenco alviverde continua treinando presencialmente sob o comando do técnico Allan Aal.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Direção do Guarani monitora situação de Ederson, ex-atacante do Fortaleza"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.