Esportes

De olho nos melhores do ranking da ATP, Zverev avança às oitavas em Montecarlo

Da Redação ·

A queda precoce de Novak Djokovic e a lesão do russo Daniil Medvedev podem deixar Alexander Zverev apenas a 235 pontos da tão sonhada liderança do ranking mundial da ATP. Para isso, o alemão terá de quebrar o tabu de jamais ter vencido o Masters de Montecarlo. Nesta quarta-feira, o cabeça de chave 2 confirmou o favoritismo ao derrotar o argentino Federico Delbonis sem problemas, em sets corridos: 6/1 e 7/5.

continua após publicidade

Zverev busca seu sexto título de simples em um torneio Master 1000 na carreira e o quarto no saibro europeu. O próximo rival será Pablo Carreño Busta, nesta quinta-feira, na Court Rainier III. O rival avançou em duro jogo contra Alexander Bublik, do Casaquistão. O oponente fez 6/4, perdeu por 7/6 (7/3) e estava atrás no set decisivo com 4 a 3, quando abandonou por lesão.

Para avançar às oitavas, Zverev precisou de 1h27. E fez um primeiro set primoroso. Depois de perder o game inicial, emplacou seis pontos diretos, quebrou três vezes o serviço do argentino e fechou com 6/1.

continua após publicidade

O alemão começou o segundo set com um susto ao ver Delbonis abrir 2 a 0. Buscou o 2 a 2 e novamente foi quebrado, ficando com 4 a 2 contra. Virou para 5 a 4 e perdeu o primeiro match point. Com 6/5, teve duas chances de fechar e não desperdiçou a segunda, quebrando e comemorando muito.

"Este é o único Masters no saibro que ainda não ganhei, mas estou muito motivado para isso", disse Zverev, que avançou às semifinais em 2018. "Estou muito motivado para jogar um ótimo tênis e espero poder mostrar isso na quadra esta semana."

Em dia com muitos favoritos avançando sem problemas, a surpresa acabou sendo a eliminação do espanhol Carlos Alcaraz, campeão do Masters de Miami, para o americano Sebastian Korda, com 7/6 (7/2), 6/7 (5/7) e 6/3. Outro cabeça de chave que deu adeus precocemente foi o canadense Félix Auger-Aliassime, derrotado pelo italiano Lorenzo Musetti com 6/2 e 7/6 (7/2).

Outros resultados: Andrey Rublev bateu Alex de Minaur por 2/6, 6/1 e 6/4, Jannik Sinner passou por Emil Ruusuvuori, com 7/5 e 6/3, Diego Schwartzman fez 6/0 e 7/6 (7/4) em Marton Fucsovics, Cásper Ruud superou Holger Rune por 7/6 (7/5) e 7/5.