Esportes

De olho no Mundial, time alternativo do Palmeiras empata com o São Bernardo

Da Redação ·

O Palmeiras conta as horas para o Mundial de Clubes. Mas antes, a equipe alviverde usa o Paulistão para fazer testes antes do principal torneio de clubes do mundo. De olho em Abu Dabi, Abel Ferreira escalou um time alternativo neste sábado e empatou com o São Bernardo por 1 a 1, em partida válida pela 2ª rodada do Estadual.

continua após publicidade

Com o resultado, os dois times se mantêm invictos no Paulistão. Porém, perdem o 100% de aproveitamento que tinham. O Palmeiras lidera o Grupo C com 7 pontos, sendo duas vitórias e um empate. O São Bernardo chega a 4 pontos na ponta do Grupo B, com um triunfo e um empate.

Abel Ferreira poupou seus titulares pensando no Mundial de Clubes, dando chance a reservas e atletas recém-chegados. A tendência é que o português faça a mesma opção na terça, contra o Água Santa, uma semana antes da estreia no torneio. Alguns jogadores importantes também foram ausência por outros motivos: Dudu teve uma programação individualizada, mas não preocupa para o Mundial. Benjamín Kuscevic, Gustavo Gómez e Weverton foram ausências por servirem as seleções chilena, paraguaia e brasileira, respectivamente.

continua após publicidade

O Palmeiras foi a campo pelo seu 3º jogo no Paulistão. O time alviverde venceu a Ponte Preta por 3 a 0 na estreia, e o Novorizontino por 2 a 0 (em partida adiantada da 5ª rodada). O São Bernardo venceu o primeiro e único jogo que disputou: 1 a 0 sobre o Água Santa, justamente o último adversário antes do clube alviverde viajar a Abu Dabi.

A partida começou a todo vapor. Antes do primeiro minuto se completar, Silvinho já recebeu o cartão amarelo por entrada forte em Gabriel Menino. Os dois times concentraram suas criações de jogadas pelo meio, mas sem efetividade. Um pouco superior, o Palmeiras teve o primeiro arremate, com Menino, aos 5 minutos, de fora da área. Wesley também teve boa chance aos 13.

O duelo seguiu truncado, com entradas fortes e pouca criação de ambos os rivais. Mesmo jogando em casa, o São Bernardo pouco fez para ameaçar a meta de Marcelo Lomba em boa parte da primeira etapa. O Palmeiras se dispôs a pressionar a saída de bola adversária, o que foi efetivo. Wesley surpreendeu Gabriel Inocêncio, que se enrolou e na tentativa de recuperar a bola, cometeu o pênalti. Na cobrança, Rafael Navarro parou na defesa de Alex Alves.

continua após publicidade

A penalidade fez os donos da casa acordar. O São Bernardo ganhou mais confiança e passou a ameaçar pelas pontas, principalmente pela esquerda. Aos 28, Renan salvou o Palmeiras ao travar o chute de Paulinho Moccelin após um contragolpe veloz dos donos da casa, causando um susto aos palmeirenses pela primeira vez. Matheus Davó entrou ainda no primeiro tempo na vaga de João Carlos.

A alteração surtiu efeito. Em seu primeiro lance, Davó recebeu pela direita, venceu a disputa com Renan, driblou Lomba e serviu Silvinho, que não teve dificuldade em estufar as redes do gol completamente vazio. Pouco depois, Veron assustou Alex Alves, mas o goleiro do ABC evitou o empate. O Palmeiras tentou valer sua superioridade nos minutos finais, mas não conseguiu fechar a primeira etapa com a igualdade.

Na volta dos vestiários, Patrick de Paula foi a campo pelo Palmeiras e Pará pelo São Bernardo. Abel tentou dar novos ares a seu time, enquanto os mandantes quiseram manter o 100% de aproveitamento no Estadual. O São Bernardo começou a dar mais espaço para o Palmeiras, que foi para cima para igualar o placar.

continua após publicidade

O técnico do Palmeiras, aos 16, resolveu alterar seu esquema. Promoveu Deyverson no lugar de Renan, deixando uma linha de três defensores e ganhando mais uma opção no ataque. Assim como no primeiro tempo, com a entrada de Davó, a alteração logo se refletiu no placar.

Quatro minutos depois da entrada de Deyverson, o árbitro consultou o VAR após Rafael Navarro cair na área. O juiz decidiu por mais um pênalti para o Palmeiras. Wesley foi para a marca da cal e, com segurança, igualou o marcador. Alex Alves acertou o canto novamente, se esticou, mas não impediu o gol.

continua após publicidade

Os dois times esquentaram o clima e começaram a se contragolpear. O São Bernardo usou as bolas esticadas e ameaçou o gol de Lomba com Silvinho e Davó. O Palmeiras seguiu atacando pelas pontas e apostando em alterações, com as entradas e Breno Lopes, Gustavo Scarpa e Joaquín Piquerez. O meio-campo palmeirense, entretanto, deu espaço aos mandantes, que não conseguiram concluir as chances geradas. Mesmo com cinco de acréscimos, os dois clubes não evitaram o empate.

FICHA TÉCNICA:

SÃO BERNARDO 1 x 1 PALMEIRAS

continua após publicidade

SÃO BERNARDO - Alex Alves; Gabriel Inocêncio (Lucas Ferron), Joilson, Matheus Salustiano e Igor Fernandes (Pará); Ítalo, Rodrigo Souza e Léo Gomes; Silvinho (Vitinho), Paulinho Moccelin e João Carlos (Matheus Davó). Técnico: Márcio Zanardi.

PALMEIRAS - Marcelo Lomba; Mayke, Murilo, Renan (Deyverson) e Jorge (Joaquín Piquerez); Jailson Gabriel Menino (Patrick de Paula) e Atuesta; Wesley (Gustavo Scarpa), Rafael Navarro e Gabriel Verón (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira.

GOLS - Silvinho, aos 35 do primeiro tempo; Wesley aos 20 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Silvinho, Gabriel Inocêncio, Breno Lopes.

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores.

PÚBLICO e RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo.