Esportes

Darlan Romani vence fácil e Felipe Bardi surpreende nos 100m no GP Brasil

Da Redação ·

Darlan Romani venceu fácil a disputa do arremesso de peso no GP Brasil, realizado neste domingo no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo. A competição também ficou marcadas pelas vitórias nos 100 metros de Felipe Bardi dos Santos, que surpreendeu, e de Vitoria Rosa.

continua após publicidade

A competição foi o primeiro evento internacional da grande maioria dos participantes desde o início da pandemia do coronavírus. Assim, pelo longo período de inatividade e pelos atletas estarem em período de treinos, não eram esperadas marcas muito expressivas.

De qualquer forma, Darlan, que no ano passado foi o quarto colocado no Mundial, não esteve ameaçado pelos concorrentes no arremesso de peso. Nas suas quatro tentativas, a pior foi em 20,32m. E os 20,91m do triunfo, ainda que bem distantes do seu recorde sul-americano, de 22,61m, foi mais do que suficiente para garantir a sua vitória. Quem mais se aproximou dele foi William Dourado, o segundo colocado, com 19,05m, que teve apenas 1cm de vantagem para o terceiro, William Braido.

continua após publicidade

Já nos 100m, Felipe Bardi assegurou o triunfo em 10s25. Assim, desbancou Paulo André, que tem dominado a prova nos últimos anos no Brasil e foi o segundo colocado, com 10s30, na sua estreia em competições nesta temporada.

A versão feminina dos 100m foi vencida por Vitória Rosa em 11s30. Ela foi seguida por duas velocistas que fizeram as melhores marcas da carreira: Ana Carolina de Jesus Azevedo, com 11s36, e a equatoriana Gabriela Anahi Suarez, com 11s39.

RECORDES PESSOAIS E VITÓRIAS ESTRANGEIRAS - A portuguesa Liliana Cá triunfou no lançamento de disco com o melhor resultado da sua carreira - 61,91. Também de Portugal, Auriel Dogmo venceu a prova do arremesso de peso com 18,57m.

continua após publicidade

No salto triplo, Gabriele Sousa dos Santos fez a melhor marca da sua carreira - 14,10m - para ganhar a disputa no GP Brasil. E o argentino Maximiliano Diaz ganhou entre os homens com 16,24m.

Nos 3 mil metros com obstáculos, o queniano Geofrrey Kipkemboi fez um recorde pessoal para triunfar em São Paulo com o tempo de 8min27s58. Entre as mulheres, o triunfo foi de Tatiane Raquel da Silva em 10min05s03.

Único estrangeiro presente na disputa do salto com vara, o argentino German Chiaraviglio triunfou com 5,55m, sendo que Augusto Dutra, principal brasileiro presente na disputa, não conseguiu registrar marcas. Na disputa dos 400m, a colombiana Jennifer Padilla Gonzalez ganhou com o tempo de 52s62, com Lucas da Silva Carvalho vencendo a versão masculina em 45s77.

continua após publicidade

OUTROS RESULTADOS - Alexsandro Melo (7,86m) e Eliane Martins (6,45m) foram os ganhadores no salto em distância. Ketiley Batista ganhou a prova dos 100m com barreiras em 13s29. Nos 110m com barreira, a vitória foi de Jonathas Filipe da Silva Brito, com 13s71. Os ganhadores nos 400m foram de Marcio Teles (50s60) e Bianca Cristina Amaro dos Santos (57s40).

Já Jucilene de Lima venceu no lançamento de dardo com 60,89m. Fernando Ferreira levou o ouro no salto em altura após atingir 2,25m. Matheus Américo triunfou nos 800 metros em 1min48s20.