Esportes

Daniel Alves fala em sabor especial em encarar a Espanha na decisão olímpica

Da Redação ·

Jogador experiente, com passagens e títulos por diversos clubes da Europa - especialmente o Barcelona -, o lateral-direito Daniel Alves, capitão da seleção brasileira masculina de futebol nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, admitiu nesta quinta-feira viver um momento especial da carreira em disputar a medalha de ouro do torneio contra a Espanha, um adversário que é familiar a ele.

continua após publicidade

"Enfrentar uma seleção que conheço muito bem dá uma certa vantagem. Conheço a forma de jogar, os jogadores, a identidade da Espanha de propor o jogo. É um prazer chegar á final com a Espanha. Vocês sabem o amor que tenho por esse país, por tudo o que me deu. Uma parte de mim é espanhola", disse Daniel Alves, em entrevista coletiva.

O lateral-direito aproveitou para falar como a seleção brasileira encara a partida, que acontecerá neste sábado, às 8h30 (de Brasília), no estádio Internacional de Yokohama, em que o segundo ouro olímpico consecutivo no futebol masculino pode ser garantindo para o Brasil.

continua após publicidade

"Vamos jogar nossas cartas e tentar propor o jogo. Tomara que seja um grande dia. Todos merecemos estar neste dia, mas temos que buscar merecer mais do que eles", afirmou Daniel Alves, um dos três jogadores com mais de 24 anos do elenco convocado pelo técnico André Jardine.

"São duas seleções que propõem, que tratam bem a bola, e será um jogo bonito de se ver. Será preciso estarmos concentrados no jogo para conseguir o objetivo máximo na competição", completou o jogador do São Paulo.