Esportes

Curry dá show e comanda vitória de virada dos Warriors sobre os Clippers na NBA

Da Redação ·

Brilhante neste início de temporada, Stephen Curry, depois de anotar 62 pontos contra os Blazers recentemente, deu mais um show na noite desta sexta-feira e comandou a vitória de virada do Golden State Warriors sobre o Los Angeles Clippers por 115 a 105. Liderado por seu astro, o time de San Francisco foi capaz de tirar uma diferença de 22 pontos para buscar o expressivo triunfo.

continua após publicidade

Curry voltou a arrebentar. O armador fez 38 pontos, tendo convertido nove bolas de três em 14 tentativas. Além disso, deu 11 assistências, alcançando mais um "double-double", roubou três bolas e apanhou dois rebotes. Paul George foi o cestinha dos Clippers, com 25 pontos, um a mais que Kawhi Leonard, que também teve boa exibição.

O revés fora de casa fez os Clippers cair para o terceiro lugar, saindo da liderança provisória da Conferência Oeste, que agora está novamente com o arquirrival Los Angeles Lakers. Os Warriors são o quinto colocado, com cinco vitórias e quatro derrotas.

continua após publicidade

Com bom desempenho de Paul George e Kawhi Leonard, os Clippers dominaram o primeiro tempo e abriram uma vantagem confortável, indicando que conquistariam uma vitória tranquila fora de casa. No terceiro quarto, essa diferença aumentou para 22 pontos (85 a 63).

Depois disso, porém, Stephen Curry brilhou nas bolas de três e regeu a sua equipe em uma incrível reação, baixando a diferença para apenas seis pontos no final do terceiro período (87 a 81). A virada veio logo no início do quarto final. Mesmo com o astro no banco descansando, os Warriors aceleraram, tomaram à frente e colocaram seis pontos de vantagem (97 a 91).

Damion Lee, porém, errou dois chutes seguidamente, e os visitantes foram buscar o empate. A franquia de San Francisco retomou a dianteira com cestas consecutivas de Curry, Draymond Green e Andrew Wiggins, abriu nove pontos e depois liquidou a fatura.

continua após publicidade

Em Milwaukee, os Bucks estavam de olho na sexta vitória na liga, mas foram superados pelo Utah Jazz, que teve um desempenho notável nos arremessos de três, com 25 bolas convertidas, e venceu por 131 a 118, subindo para o quarto lugar do Oeste. O grande nome da franquia de Salt Lake City foi Donovan Mitcehll, que deslanchou no segundo tempo e terminou a partida com 32 pontos, cinco rebotes e sete assistências. Pelo time da casa, o astro Giannis Antetokounmpo foi o cestinha do jogo, com 35 pontos, oito rebotes e quatro assistências, e Khris Middleton conseguiu um "double-double" ao anotar 31 pontos e pegar 10 rebotes.

O Milwaukee foi castigado pelo adversário ao cometer muitos erros na defesa, deixando espaços no perímetro e permitindo ao Jazz um aproveitamento de 47% nas bolas de três. Os Bucks também foram muito dependentes de seus titulares e passaram praticamente todo o jogo atrás do rival por uma diferença, em média, de 10 pontos. Antetokounmpo sofreu uma queda no terceiro quarto e é dúvida para o próximo confronto. A equipe é a sexta colocada do Leste.

Com 25 bolas de três na partida, o Utah Jazz quebrou seu recorde numa partida da NBA. A marca foi derrubada no 23º arremesso convertido, por Royce O'Neale.

continua após publicidade

Los Angeles Lakers e Chicago Bulls fizeram o duelo mais equilibrado da noite de sexta-feira no Staples Center. Na base da luta e do empenho, o atual campeão levou a melhor e triunfou por 117 a 115. O resultado deixou a equipe da Califórnia isolada novamente na liderança da Conferência Oeste.

Como de costume, LeBron James foi o grande destaque dos Lakers, que não tiveram Anthony Davis. O astro veterano marcou 28 pontos, apanhou sete rebotes e deu o mesmo número de assistências. Dennis Schroder e Montrezl Harrell, ambos com 17 pontos, também tiveram participação fundamental na vitória.

continua após publicidade

Pelos Bulls, o grande protagonista foi Zach LaVine. Inspirado, o armador foi o cestinha do duelo, com 38 pontos, e poderia sair de quadra consagrado caso tivesse acertado um arremesso que consumaria a virada nos instantes finais. O brasileiro Cristiano Felicio mais uma vez não foi utilizado pelo treinador Billy Donovan.

Em casa, o Houston Rockets atropelou o Orlando Magic por 132 a 90. Com muita eficiência no ataque, o time texano contou com os destaques de Christian Wood (22 pontos, 15 rebotes e dois tocos) e James Harden (15 pontos e 13 assistências). John Wall registrou 14 pontos. No time da Flórida, Nikola Vucevic foi bem com um "double-double" de 22 pontos e 12 rebotes.

Veja os outros resultados dos jogos de sexta-feira:

continua após publicidade

Detroit Pistons 110 x 105 Phoenix Suns

Boston Celtics 116 x 107 Washington Wizards

New York Knicks 89 x 191 Oklahoma City Thunder

continua após publicidade

New Orleans Pelicans 110 x 118 Charlotte Hornets

Memphis Grizzlies 115 x 110 Brooklyn Nets

continua após publicidade

Sacramento Kings 123 x 144 Toronto Raptors

Confira os jogos da rodada de sábado:

Philadelphia 76ers x Denver Nuggets

Charlotte Hornets x Atlanta Hawks

Indiana Pacers x Phoenix Suns

Washington Wizards x Miami Heat

Milwaukee Bucks x Cleveland Cavaliers

Minnesota Timberwolves x San Antonio Spurs

Dallas Mavericks x Orlango Magic

Sacramento Kings x Portland Trail Blazers