Curry dá show e comanda vitória de virada dos Warriors sobre os Clippers na NBA - TNOnline
Mais lidas

    Esportes

    Esportes

    Curry dá show e comanda vitória de virada dos Warriors sobre os Clippers na NBA

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 09.01.2021, 08:56:00 Editado em 09.01.2021, 10:01:32
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Brilhante neste início de temporada, Stephen Curry, depois de anotar 62 pontos contra os Blazers recentemente, deu mais um show na noite desta sexta-feira e comandou a vitória de virada do Golden State Warriors sobre o Los Angeles Clippers por 115 a 105. Liderado por seu astro, o time de San Francisco foi capaz de tirar uma diferença de 22 pontos para buscar o expressivo triunfo.

    Curry voltou a arrebentar. O armador fez 38 pontos, tendo convertido nove bolas de três em 14 tentativas. Além disso, deu 11 assistências, alcançando mais um "double-double", roubou três bolas e apanhou dois rebotes. Paul George foi o cestinha dos Clippers, com 25 pontos, um a mais que Kawhi Leonard, que também teve boa exibição.

    O revés fora de casa fez os Clippers cair para o terceiro lugar, saindo da liderança provisória da Conferência Oeste, que agora está novamente com o arquirrival Los Angeles Lakers. Os Warriors são o quinto colocado, com cinco vitórias e quatro derrotas.

    Com bom desempenho de Paul George e Kawhi Leonard, os Clippers dominaram o primeiro tempo e abriram uma vantagem confortável, indicando que conquistariam uma vitória tranquila fora de casa. No terceiro quarto, essa diferença aumentou para 22 pontos (85 a 63).

    Depois disso, porém, Stephen Curry brilhou nas bolas de três e regeu a sua equipe em uma incrível reação, baixando a diferença para apenas seis pontos no final do terceiro período (87 a 81). A virada veio logo no início do quarto final. Mesmo com o astro no banco descansando, os Warriors aceleraram, tomaram à frente e colocaram seis pontos de vantagem (97 a 91).

    Damion Lee, porém, errou dois chutes seguidamente, e os visitantes foram buscar o empate. A franquia de San Francisco retomou a dianteira com cestas consecutivas de Curry, Draymond Green e Andrew Wiggins, abriu nove pontos e depois liquidou a fatura.

    Em Milwaukee, os Bucks estavam de olho na sexta vitória na liga, mas foram superados pelo Utah Jazz, que teve um desempenho notável nos arremessos de três, com 25 bolas convertidas, e venceu por 131 a 118, subindo para o quarto lugar do Oeste. O grande nome da franquia de Salt Lake City foi Donovan Mitcehll, que deslanchou no segundo tempo e terminou a partida com 32 pontos, cinco rebotes e sete assistências. Pelo time da casa, o astro Giannis Antetokounmpo foi o cestinha do jogo, com 35 pontos, oito rebotes e quatro assistências, e Khris Middleton conseguiu um "double-double" ao anotar 31 pontos e pegar 10 rebotes.

    O Milwaukee foi castigado pelo adversário ao cometer muitos erros na defesa, deixando espaços no perímetro e permitindo ao Jazz um aproveitamento de 47% nas bolas de três. Os Bucks também foram muito dependentes de seus titulares e passaram praticamente todo o jogo atrás do rival por uma diferença, em média, de 10 pontos. Antetokounmpo sofreu uma queda no terceiro quarto e é dúvida para o próximo confronto. A equipe é a sexta colocada do Leste.

    Com 25 bolas de três na partida, o Utah Jazz quebrou seu recorde numa partida da NBA. A marca foi derrubada no 23º arremesso convertido, por Royce O'Neale.

    Los Angeles Lakers e Chicago Bulls fizeram o duelo mais equilibrado da noite de sexta-feira no Staples Center. Na base da luta e do empenho, o atual campeão levou a melhor e triunfou por 117 a 115. O resultado deixou a equipe da Califórnia isolada novamente na liderança da Conferência Oeste.

    Como de costume, LeBron James foi o grande destaque dos Lakers, que não tiveram Anthony Davis. O astro veterano marcou 28 pontos, apanhou sete rebotes e deu o mesmo número de assistências. Dennis Schroder e Montrezl Harrell, ambos com 17 pontos, também tiveram participação fundamental na vitória.

    Pelos Bulls, o grande protagonista foi Zach LaVine. Inspirado, o armador foi o cestinha do duelo, com 38 pontos, e poderia sair de quadra consagrado caso tivesse acertado um arremesso que consumaria a virada nos instantes finais. O brasileiro Cristiano Felicio mais uma vez não foi utilizado pelo treinador Billy Donovan.

    Em casa, o Houston Rockets atropelou o Orlando Magic por 132 a 90. Com muita eficiência no ataque, o time texano contou com os destaques de Christian Wood (22 pontos, 15 rebotes e dois tocos) e James Harden (15 pontos e 13 assistências). John Wall registrou 14 pontos. No time da Flórida, Nikola Vucevic foi bem com um "double-double" de 22 pontos e 12 rebotes.

    Veja os outros resultados dos jogos de sexta-feira:

    Detroit Pistons 110 x 105 Phoenix Suns

    Boston Celtics 116 x 107 Washington Wizards

    New York Knicks 89 x 191 Oklahoma City Thunder

    New Orleans Pelicans 110 x 118 Charlotte Hornets

    Memphis Grizzlies 115 x 110 Brooklyn Nets

    Sacramento Kings 123 x 144 Toronto Raptors

    Confira os jogos da rodada de sábado:

    Philadelphia 76ers x Denver Nuggets

    Charlotte Hornets x Atlanta Hawks

    Indiana Pacers x Phoenix Suns

    Washington Wizards x Miami Heat

    Milwaukee Bucks x Cleveland Cavaliers

    Minnesota Timberwolves x San Antonio Spurs

    Dallas Mavericks x Orlango Magic

    Sacramento Kings x Portland Trail Blazers

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Curry dá show e comanda vitória de virada dos Warriors sobre os Clippers na NBA"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.