Esportes

Criciúma bate Londrina pela Série B em jogo com invasão de campo por um gambá

Da Redação ·

Em um jogo marcado pela inusitada invasão de campo de um gambá, o Criciúma venceu o Londrina, por 1 a 0, nesta quarta-feira à noite, pela segunda rodada da Série B do Brasileiro, no estádio Heriberto Hulse, em Santa Catarina. O gol da vitória foi marcado pelo meia Marquinhos Gabriel, com passagens por muitos clubes, entre eles Corinthians, Cruzeiro, Athletico-PR e Vasco.

continua após publicidade

Mas, o fato curioso é que aos 26 minutos do segundo tempo o jogo foi paralisado porque um pequeno gambá resolveu atravessar o campo. Ninguém quis por a mão nele. Dois minutos depois de se tornar a estrela do jogo, já fora das quatro linhas, o pequenino animal acabou preso pelo Tigrão, o mascote do time da casa. No intervalo, um drone já tinha ameaçado o reinício do jogo assistido por quase nove mil torcedores.

O Criciúma não disputou a primeira rodada porque o CSA participava ainda das semifinais do Campeonato Alagoano. Estava sem atuar em casa, portanto, há cinco meses, com uma série invicta de 15 jogos - 10 vitórias e cinco empates.Com o triunfo, tem três pontos, mesma pontuação do Londrina, que na estreia bateu o Náutico, por 2 a 0.

continua após publicidade

Ao ritmo da Banda Carvoeira, o Criciúma tratou de por intensidade no jogo, empurrando o Londrina para seu campo defensivo. Acabou premiado pelo gol aos 15 minutos. Marquinhos Gabriel recebeu a bola dentro da área, ajeitou e bateu de perna esquerda, sem chances de defesa.

Após o gol, o time da casa fez o recuo natural, mas soube se posicionar bem e pouco permitiu ao adversário. Se o visitante não ameaçava, o Criciúma também não parecia perigoso. Até marcou o segundo gol, aos 35 minutos, quando Rafael Bilu foi lançado em velocidade, passou pelo goleiro e tocou pra as redes. Mas houve o impedimento marcado e confirmado pelo VAR.

No segundo tempo, o Londrina avançou a marcação. O técnico Adilson Batista pediu mais movimentação de seus atacantes para abrir espaços na defesa carvoeira. O jogo ganhou mais velocidade e alternativas. Aos seis minutos, Gabriel Santos, do Londrina, apareceu livre na grande área e seu chute foi bloqueado pela boa saída do goleiro Gustavo.

continua após publicidade

O Criciúma ganhou espaços para explorar os contra-ataques e quase aproveitou aos 18 minutos, quando Thiago Alagoano foi lançado pelo lado esquerdo da área e cruzou para o outro lado. Na pequena área, Rafael Bilu deu o carrinho, resvalou na bola, mas ela foi para fora. O Londrina respondeu numa cabeçada de Augusto, que obrigou Gustavo subir e dar um tapa por cima do travessão.

Depois disso, porém, o ritmo de jogo caiu. O Londrina ainda finalizou mais - 15 a 11 - do que o Criciúma, mas foi incapaz de evitar a derrota. Pela terceira rodada, o Criciúma vai até Recife enfrentar o Sport, no sábado (23), às 11h. O Londrina volta a campo dois dias antes, em uma quinta-feira à noite, a partir das 19h, diante do Novorizontino.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

CRICIUMA 1 X 0 LONDRINA

CRICIÚMA - Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Zé Marcos e Marcelo Hermes (Wellington); Léo Costa, Arilson, Fellipe Mateus (Cristovam) e Marquinhos Gabriel (Renan Bressan); Rafael Bilu (Lucas Xavier) e Thiago Alagoano (Negueba). Técnico: Junior Rocha.

continua após publicidade

LONDRINA - Victor Souza; Samuel Santos, Augusto, Saimon e Felipe Vieira (Dudu); João Paulo, Marcinho (Douglas Coutinho), Jhony Lucas e Eltinho (Marcelinho); Caprini e Gabriel Santos (Mossoró). Técnico: Adilson Batista.

GOL - Marquinhos Gabriel, aos 15 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Dyorgines José Padovani de Andrade (ES).

CARTOES AMARELOS - Marcinho, João Paulo e Saimon (Londrina).

RENDA - R$ 192.040,00.

PÚBLICO - 8.852 torcedores.

LOCAL - Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).