Esportes

Copa do Catar será compacta e acomodará maioria das seleções em um raio de 10 km

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Menor país a sediar uma Copa do Mundo, o Catar acomodará 24 das 32 seleções participantes em um raio de 10 km dentro de seu território, nas redondezas da capital Doha e seus subúrbios. Apenas oito países, alguns deles potencias do futebol, como Inglaterra, Alemanha e Bélgica, escolheram bases mais distantes. A seleção brasileira, por sua vez, optou pela proximidade e se hospedará no Westin Doha Hotel & Spa. Os treinos serão no Estádio Grand Hamad.

continua após publicidade

"A Copa do Catar 2022 será uma Copa do Mundo como nenhuma outra, com as equipes se beneficiando de sua natureza compacta e da calorosa hospitalidade local. Os jogadores terão mais tempo para treinar e descansar durante a competição, ao mesmo tempo em que poderão experimentar a emoção que tomará conta do país muito mais de perto, já que jogadores e fãs apaixonados de todas as 32 nações estarão reunidos em uma única área", disse Colin Smith, Diretor de Operações da FIFA.

O cenário será bem diferente da última Copa do Mundo, realizada na Rússia, em 2018, quando os participantes ficaram espalhados pela parte europeia do país. Algumas bases tinham distância de até 2.100 km entre elas e exigiam deslocamento aéreo.

continua após publicidade

A Fifa trata a Copa do Mundo do Catar será a "mais compacta" desde a edição inaugural, em 1930, e não exigirá o uso de voos domésticos durante o torneio. As equipes chegarão às bases, chamadas pela organização de Tem Base Camp Hotel (TBCH), ao menos cinco dias antes da primeira partida, com a esperança de estender a estadia para 33 dias, duração da competição para as seleções que chegarem à final.

"Tal como acontece com todos os nossos projetos da Copa do Mundo, o planejamento do legado tem sido um fator chave e muitos dos locais de treinamento renovados e construídos beneficiarão os clubes e comunidades locais muito tempo após o término do torneio. Os novos hotéis também apoiarão a crescente indústria de turismo do Catar após 2022", Nasser Al Khater, CEO da Copa do Catar.