Esportes

Com um jogador a mais, Guarani empata com o Red Bull Bragantino em Campinas

Da Redação ·

Guarani e Red Bull Bragantino fizeram um jogo equilibrado e empataram por 1 a 1 neste domingo, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O time da casa agora soma quatro pontos no Grupo D, enquanto que o de Bragança Paulista (SP), ainda invicto, atingiu os cinco pontos no Grupo C, mas neste duelo atuou todo o segundo tempo com um jogador a menos.

continua após publicidade

Com um time mais entrosado e mais qualificado, o Red Bull Bragantino teve mais volume de jogo e mais iniciativa, porém sem poder de finalização. De outro lado, mesmo em casa, o Guarani se mantinha cauteloso na esperança de acertar um contra-ataque.

Tanto que o time campineiro chegou duas vezes com perigo no ataque, ambas em jogadas de Renanzinho, aos 14 e aos 18 minutos. Mas o jogo só teve gols na parte final. Aos 44, o visitante abriu o placar. Após cruzamento vindo do lado direito, Hurtado matou a bola no peito e fez o passe lateral para Ramires, que bate de chapa no canto direito de Gabriel Mesquita.

continua após publicidade

O empate saiu em seguida. Aos 46 minutos, Tony chutou de dentro da área e a bola tocou na perna e no braço de Aderlan. O árbitro Adriano de Assis Miranda anotou pênalti e ainda expulsou o lateral-direito, entendendo que o lance era de extremo perigo de gol. Houve muitos protestos dos visitantes e a consulta ao VAR, mas a cobrança aconteceu somente aos 52 minutos. O meia Claudinho e o técnico Maurício Barbieri foram advertidos com o cartão amarelo.

Na volta para o segundo tempo, Barbieri recompôs a sua defesa colocando o lateral Weverton no lugar do atacante Leandrinho, que passou desapercebido no jogo. Com um jogador a mais, o Guarani voltou adiantado e deu susto aos oito minutos em um chute de Renanzinho. A bola bateu na rede pelo lado de fora, dando a impressão de gol.

O time de Bragança Paulista passou a depender de algum lance de velocidade ou da criatividade de Claudinho, que deu susto em Gabriel Mesquita. Aos 19 minutos, ele chutou cruzado e a bola passou perto da trave esquerda. Aos 24, o meia bateu falta no alto e o goleiro bugrino deu um tapa para escanteio.

continua após publicidade

A entrada de Artur no lugar de Jan Hurtado deu mais velocidade ao visitante, que passou a equilibrar as ações em campo. E, também, a levar mais perigo no ataque. A chance mais real saiu aos 39 minutos, quando Júlio Cesar arrancou pelo lado direito e levantou na segunda trave. Matheus Souza cabeceou forte e o goleiro Cleiton pegou em dois tempos.

Na quarta rodada, o Guarani vai jogar de novo no estádio Brinco de Ouro da Princesa, desta vez contra o São Bento, no sábado, às 16h30. O Red Bull Bragantino vai jogar em casa no domingo, às 19 horas, diante do Santo André.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

GUARANI 1 x 1 RED BULL BRAGANTINO

GUARANI - Gabriel Mesquita; Matheus Ludke (Éder Sciola), Romércio, Airton e Bidu; Bruno Silva, Índio (Bruno Andrade) e Tony; Andrigo, Renanzinho (Matheus Souza) e Rafael Costa (Júlio Cesar). Técnico: Allan Aal.

continua após publicidade

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Realpe e Edimar; Raul, Ramires (Jadsom) e Claudinho; Leandrinho (Weverton), Jan Hurtado (Artur) e Helinho (Cuello). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Ramires, aos 44, e Rafael Costa (pênalti), aos 52 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Tony (Guarani); Claudinho, Cuello, Artur e Maurício Barbieri (Red Bull Bragantino).

CARTÃO VERMELHO - Aderlan (Red Bull Bragantino).

ÁRBITRO - Adriano de Assis Miranda.

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).