Esportes

Com toco no fim, França bate Eslovênia e pega EUA na final do basquete masculino

Da Redação ·

França e Eslovênia se enfrentaram nesta quinta-feira e fizeram um grande jogo de basquete digno de uma semifinal de Jogos Olímpicos, com os franceses vencendo por 90 a 89 e emoção até a última bola. A vitória coloca mais uma vez a França no caminho dos Estados Unidos em Tóquio-2020, que na outra semifinal havia derrotado a Austrália por 97 a 78.

continua após publicidade

As equipes disputam a medalha de ouro neste sábado, em duelo que para os americanos será como uma revanche, já que a seleção europeia venceu na primeira fase dos Jogos Olímpicos e eliminou o "Dream Team" do Mundial de 2019, disputado na China, nas quartas de finais.

A Eslovênia lutou bravamente contra o selecionado francês e até teve a bola da vitória nas mãos, mas acabou desperdiçando - Nicolas Batum deu um toco na tentativa de bandeja de Klemen Prepelic no último lance. Também neste sábado, Luka Doncic e companhia encaram a Austrália na disputa da medalha de bronze da Olimpíada.

continua após publicidade

O duelo desta quinta-feira foi cheio de emoções e teve personagens de destaque. Pelo lado francês, Nando de Colo, que vem fazendo excelente competição, fechou o jogo com 25 pontos, sete rebotes e cinco assistências.

Além de Nando, Evan Fournier, que recentemente trocou o Boston Celtics pelo New York Knicks, Timothé Luwawu-Cabarrot, do Brooklyn Nets, e Rudy Gobert, do Utah Jazz, merecem citação. Fournier marcou 23 pontos, além de cinco rebotes e três assistências, Luwawu-Cabarrot conseguiu 15 pontos e quatro rebotes e Gobert fechou com nove pontos e 16 rebotes.

Do lado da Eslovênia, Doncic teve mais uma partida magistral. Foram 16 pontos, 10 rebotes e 18 assistências em mais um "triple-double" (dois dígitos em três fundamentos) do jogador do Dallas Mavericks. Junto dele, Mike Tobey marcou 23 pontos, com oito rebotes e duas assistências, e Jaka Blazic, com 14 pontos e cinco rebotes, apareceram bem.