Esportes

Com polêmica, Manchester City bate Everton por 1 a 0 e mantém vantagem no Inglês

Da Redação ·

O Manchester City passou sufoco, mas conseguiu vencer o Everton por 1 a 0 no Goodison Park na tarde deste sábado e manteve a vantagem na liderança do Campeonato Inglês. O jogo da 27ª rodada teve um gol após falha grosseira da zaga mandante no segundo tempo e, já no fim, uma polêmica envolvendo um pênalti não marcado a favor do Everton.

continua após publicidade

O triunfo leva o time de Pep Guardiola a 66 pontos, na liderança da competição. O Liverpool, segundo colocado, possui um jogo a menos e soma 60 pontos. Caso o City empatasse neste sábado, o Liverpool poderia diminuir a desvantagem para apenar um ponto, sendo que os times ainda se enfrentam na competição. O Everton perde sua segunda partida seguida e fica na primeira posição fora da zona de rebaixamento, com 22 pontos. O time de Frank Lampard está a apenas um ponto do Burnley, primeiro time no Z3.

GUERRA NA UCRÂNIA - O conflito entre Rússia e Ucrânia que está acontecendo em território ucraniano foi motivo de manifestações dos times antes do começo da partida no Goodison Park, com muitas bandeiras, frases de "Parem a guerra" e mensagens da torcida. Os jogadores dos dois clubes entraram em campo com bandeiras da Ucrânia nas costas.

continua após publicidade

Zinchenko, jogador ucraniano que atua pelo Manchester City, foi muito aplaudido por todo o estádio durante seu aquecimento. Depois, o jogador deu um abraço no seu compatriota Vitaliy Mykolenko, que atua pelo Everton. Na última sexta-feira, o brasileiro Richarlison, atacante do Everton, se pronunciou em suas redes sociais lamentando a guerra na Ucrânia e pedindo paz.

O JOGO - O Manchester City dominou amplamente a partida no começo do jogo, enquanto o Everton não conseguiu achar espaços para contra-atacar o time de Pep Guardiola. A primeira finalização de um dos times no jogo só foi acontecer aos 31 minutos, em uma tentativa do Everton. O time azul de Liverpool voltou a chegar com Richarlison pouco tempo depois. A bola sobrou para o brasileiro bater de primeira de dentro da área. Ederson defendeu. O desempenho do Everton na partida cresceu e o jogo foi para o intervalo empatado.

O duelo começou bastante disputado na metade final. O goleiro Pickford fez grande sequência de chutes de Phil Foden e Cancelo e o City começou a pressionar mais ao decorrer do jogo. Pickford voltou a fechar o gol em chutes de De Bruyne e Bernardo Silva em sequência, minutos mais tarde.

continua após publicidade

A pressão do Manchester City aumentou e o Everton, que se defendia bem, cometeu uma falha gritante aos 36 minutos, quando o time visitante abriu o placar. Após cruzamento e desvio, o zagueiro Michael Keane se embolou sozinho e não conseguiu fazer o corte. A bola sobrou para Phil Foden marcar o gol.

O fim da partida foi conturbado por muita reclamação por um pênalti não marcado a favor do Everton. Sozinho na área, João Cancelo dominou a bola com o braço. O VAR revisou o lance e o pênalti não foi marcado porque foi assinalado um impedimento do Everton no lance anterior.

Everton e Manchester City farão confrontos contra times modestos do país pela Copa da Inglaterra em seus próximos jogos. O City enfrenta o Peterborough United, enquanto o Everton joga contra o Boreham Wood. Pelo Campeonato Inglês, o clube de Manchester faz clássico contra o arquirrival United na próxima rodada. O Everton enfrentará o Tottenham fora de casa.

continua após publicidade

OUTROS JOGOS - Com Philippe Coutinho e Douglas Luiz em campo, o Aston Villa venceu o Brighton e Holve Albion por 1 a 0 fora de casa. O gol foi marcado por Matty Cash, aos 16 minutos do primeiro tempo. O lateral-direito polonês acertou um chutaço cruzado de fora da área e a bola pegou na trave antes de entrar para o gol. Cash levou cartão amarelo por comemorar mostrando uma camisa por baixo do uniforme com uma mensagem em apoio às pessoas na Ucrânia.

O segundo gol do Villa saiu aos 22 minutos do segundo tempo. Mings fez lançamento longo e deixou Watkins frente a frente com o goleiro para marcar 2 a 0. Com o triunfo, o time de Coutinho é o 12º colocado, com 30 pontos. O Brighton chega a três derrotas seguidas, mas é o 10º colocado, com 33 pontos.