Esportes

Com gol de Jesus, Manchester City vence a 19ª seguida e abre vantagem nas oitavas

Da Redação ·

Disparado na liderança do Campeonato Inglês, o Manchester City também sobra na Liga dos Campeões da Europa. Nesta quarta-feira, no jogo de ida das oitavas de final, derrotou o Borussia Mönchengladbach por 2 a 0, na Puskàs Arena, em Budapeste. Gabriel Jesus marcou um dos gols da partida.

continua após publicidade

O brasileiro, assim, chegou aos 77 gols em 178 jogos com a camisa do Manchester City e aos 9 em 25 duelos nesta temporada. O outro gol da partida, o primeiro, foi do português Bernardo Silva, deixando o clube inglês em ótima situação para o duelo de volta, em casa, em 16 de março, quando poderá perder por um gol de diferença para avançar às quartas de final. Um ótimo cenário para quem só sofreu um gol nesta edição da Liga dos Campeões.

Essa foi 19.ª vitória consecutiva do Manchester City. Uma impressionante sequência que se torna ainda mais expressiva quando comparada com a oscilante sequência do Mönchengladbach, que ganhou só 7 das últimas 19 partidas, com 6 empates e 6 derrotas. As campanhas na Liga dos Campeões também confirmam esse abismo: o time inglês avançou como líder do seu grupo, tendo somado 16 pontos, contra os 8 do clube alemão.

continua após publicidade

Para dificultar ainda mais a sua tarefa, o Mönchengladbach nem pôde atuar no seu estádio - o jogo foi disputado em Budapeste por causa das restrições impostas pelo governo alemão de voos vindos da Inglaterra em função da pandemia do coronavírus.

E quando a bola rolou, o jogo foi um passeio do City. Teve mais posse de bola e ocupou o campo de ataque durante os 45 minutos iniciais, além de apresentar boa variação das jogadas ofensivas. Já o time alemão pouco fez. Sofreu com a marcação do adversário inglês, o que dificultou a sua saída de jogo, não conseguiu encaixar contra-ataques e sequer finalizou na etapa inicial.

Enquanto isso, o City foi criando chances de gol em série. Ameaçou aos seis minutos, quando Sommer defendeu o disparo de Foden de fora da área, teve Sterling travado quando ia finalizar em ótimas condições, aos 14, e abriu o placar aos 29. Da intermediária, João Cancelo cruzou e Bernardo Silva, nas costas de Elvedi, cabeceou para baixo, fazendo 1 a 0.

continua após publicidade

Na etapa final, o City seguiu com o jogo sob controle, ainda que sem ser brilhante. Teve Gabriel Jesus desperdiçando chance incrível, para irritação de Guardiola, ao demorar para finalizar, após roubar a bola, depois de passe errado de Bensebaini, sendo travado por Elvedi.

Além disso, quase levou um golaço, em um desvio de calcanhar de Pléa, após cruzamento de Zakaria, aos 17. Mas matou o jogo na sequência. Aos 19 minutos, Cancelo cruzou na segunda trave para Bernardo Silva, que ajeitou de cabeça para Gabriel Jesus. Ele se antecipou a Ginter e finalizou para as redes.

Depois disso, o time inglês desacelerou, viu o Mönchengladbach reclamar de um pênalti, de Cancelo em Hofmann, mas a arbitragem ignorou o lance. Nos acréscimos, Rodri errou passe e Wolff chutou com força, só que parou em Ederson. E assim o Manchester City ficou mais perto das quartas de final da Liga dos Campeões.

Embalado, o time voltará a jogar no sábado, quando receberá o West Ham, pelo Campeonato Inglês. No mesmo dia, o Mönchengladbach visitará o RB Leipzig pelo Alemão.