Esportes

Com cesta de novato no fim, Lakers batem Mavericks na prorrogação; Jazz vence

Da Redação ·

O Los Angeles Lakers venceu o Dallas Mavericks por 107 a 104 em um grande jogo decidido apenas na prorrogação, pela rodada de quarta-feira da temporada regular da NBA, no ginásio American Airlines Center, em Dallas. Foram várias reviravoltas durante a partida, mas no tempo extra o time da Califórnia prevaleceu e contou com o novato Austin Reaves, que acertou uma bola de três a 0.9 segundos do final para conseguir importante vitória contra um concorrente direto da Conferência Oeste.

continua após publicidade

O "Big 3" dos Lakers funcionou durante o jogo, com todos anotando mais de 20 pontos. O cestinha do time foi LeBron James com 24, além de três rebotes e cinco assistências. Russell Westbrook flertou com o "triple-double" (dois dígitos em três fundamentos) e marcou 23 pontos, com 10 rebotes e nove assistências. Por fim, Anthony Davis apareceu com 20 pontos e 12 rebotes.

Além das três estrelas do time, Austin Reaves precisa ser citado. O calouro matou quatro das cinco bolas de três que tentou na partida e fechou a noite com 15 pontos, sete rebotes e duas assistências, sendo fundamental para a vitória e tendo mais minutos em quadra, visto que nomes como Malik Monk, Talen Horton-Tucker e Dwight Howard ficaram de fora devido aos protocolos contra a covid-19.

continua após publicidade

Sem poder contar com o esloveno Luka Doncic, com uma lesão no tornozelo, os Mavericks dependeram do trio Jalen Brunson, Kristaps Porzingis e Tim Hardaway Jr.. Substituto do astro europeu, Brunson marcou 25 pontos, com nove assistências e três rebotes. Porzingis acabou a partida com 23 pontos e 12 rebotes e Hardaway Jr. teve excelente atuação, sobretudo nas bolas do perímetro. Foram 20 pontos e nove rebotes, com mais três assistências.

Em Salt Lake City, o Utah Jazz fez o dever de casa e venceu o Los Angeles Clippers por 124 a 103. A primeira metade até foi equilibrada, mas no segundo tempo não teve jeito. O time da casa passou a defender muito bem e logo abriu vantagem. Com toda a equipe jogando muito bem e com quatro jogadores anotando pelo menos 20 pontos, ficou fácil.

Já os Clippers sofreram mais uma vez sem Paul George. O principal jogador do time nesta temporada perdeu sua quarta partida consecutiva por conta de uma lesão no cotovelo. E com os coadjuvantes tendo que assumir a responsabilidade, a qualidade do time cai e eles seguem com problemas até a volta do astro.

continua após publicidade

Pelo Jazz, o destaque foi o coletivo, mas três nomes se sobressaíram. Donovan Mitchell foi importante mais uma vez e terminou a noite como cestinha, com 27 pontos, e ainda distribuiu seis assistências. Outro que sempre ajuda muito é Rudy Gobert: 20 pontos e enormes 17 rebotes para o pivô francês. Por fim, vindo do banco de reservas, Jordan Clarkson seguiu fazendo seu papel de sexto homem e terminou com 21 pontos.

Enquanto isso, pelos Clippers, o destaque foi Marcus Morris, que terminou com 24 pontos e oito rebotes. Vindo do banco, Eric Bledsoe teve 21 pontos e oito assistências e Reggie Jackson conseguiu 15 pontos e nove assistências.

Confira a rodada de quarta-feira da NBA:

continua após publicidade

Cleveland Cavaliers 124 x 89 Houston Rockets

Orlando Magic 99 x 111 Atlanta Hawks

continua após publicidade

Philadelphia 76ers 96 x 101 Miami Heat

Dallas Mavericks 104 x 107 Los Angeles Lakers

Milwaukee Bucks 114 x 99 Indiana Pacers

continua após publicidade

Oklahoma City Thunder 110 x 113 New Orleans Pelicans

San Antonio Spurs 115 x 131 Charlotte Hornets

Denver Nuggets 107 x 124 Minnesota Timberwolves

continua após publicidade

Utah Jazz 124 x 103 Los Angeles Clippers

Portland Trail Blazers 103 x 113 Memphis Grizzlies

Sacramento Kings 119 x 105 Washington Wizards

Confira a rodada de quinta-feira da NBA:

Indiana Pacers x Detroit Pistons

Brooklyn Nets x Philadelphia 76ers

Houston Rockets x New York Knicks

Phoenix Suns x Washington Wizards