Esportes

Com boas atuações dos goleiros, Vila Nova e Chapecoense empatam pela Série B

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Apesar do jogo movimentado, Vila Nova e Chapecoense não saíram do zero na noite desta quinta-feira, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Os mandantes estiveram mais perto do gol, mas esbarraram na boa atuação do goleiro Vagner, que fez ao menos duas grandes defesas, além de outras intervenções. A partida, válida pela oitava rodada, foi realizada no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o OBA, em Goiânia (GO).

continua após publicidade

Com o empate, o Vila Nova agora tem oito pontos, rondando a zona de rebaixamento (Z-4). Apesar de estar algumas posições acima, a Chapecoense tem apenas dois pontos a mais, 10, e está há quatro jogos sem vencer. A partida marcou a estreia do técnico Dado Cavalcanti no time goiano.

Jogando em casa, o Vila Nova tentou se impor nos primeiros minutos, principalmente com Victor Andrade, mas sem chances perigosas. Arthur Rezende também arriscou de fora da área, mas não assustou. A Chapecoense respondeu de forma mais perigosa, com chute de Luizinho de longe. Apesar da força, o goleiro Tony defendeu sem soltar.

continua após publicidade

Na parte final do primeiro tempo, o Vila Nova criou mais, mas faltou "combinar" com o goleiro Vagner, da Chapecoense. O camisa 1 defendeu chute de Arthur Rezende e salvou cabeçada de Daniel Amorim em cima da linha, tanto que o lance foi checado pelo VAR para saber se a bola não tinha entrado. Ainda contou com a sorte quando novo chute de Arthur Rezende parou na trave.

O Vila Nova seguiu mais criativo no segundo tempo e Vagner foi novamente exigido. Desta vez, Matheuzinho recebeu na meia-lua, limpou bem e chutou colocado para outra bela defesa. Aos poucos, a Chapecoense conseguiu se soltar e equilibrar a partida, mas, apesar de alguns escanteios, não teve chance clara.

A partida seguiu movimentada, mas sem gols. Já no final, o Vila Nova encaixou contra-ataque e, após cruzamento, Rubens cabeceou firme, mas no meio do gol. Vagner defendeu de forma segura. A Chapecoense teve dois lances perigosos nos últimos minutos com Lima e Jonathan, mas Tony defendeu ambas.

continua após publicidade

A Chapecoense é o primeiro time a voltar a campo pela nona rodada. Visita a Ponte Preta na terça-feira, às 21h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). O Vila Nova joga só no domingo (29), às 16h, novamente em Goiânia, mas no Estádio Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 0 X 0 CHAPECOENSE

continua após publicidade

VILA NOVA - Tony; Alex Silva, Renato, Alisson Cassiano e Willian Formiga (Bruno Collaço); Rafinha, Arthur Rezende e Matheuzinho (Wagner); Victor Andrade (Jean Silva), Daniel Amorim (Rubens) e Pablo Dyego. Técnico: Dado Cavalcanti.

CHAPECOENSE - Vagner; Ronei, Léo, Xandão e Fernando (Kevin); Betinho (Orejuela), Marcelo Freitas, Tiago Real (Maranhão) e Claudinho (Matheus Bianqui); Luizinho (Lima) e Jonathan. Técnico: Gilson Kleina.

continua após publicidade

CARTÕES AMARELOS - Arthur Rezende e Wagner (Vila Nova). Xandão, Matheus Bianqui e Luizinho (Chapecoense).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

PÚBLICO - 1.740 pagantes.

RENDA - R$ 9.820,00.

LOCAL - Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia (GO).