Esportes

Com 8ª defesa mais vazada, Guarani terá mudanças no setor para voltar a vencer

Da Redação ·

O Guarani tomou quatro gols nos últimos três jogos e todos eles terminaram em tropeços na Série B do Campeonato Brasileiro. Para tentar reencontrar o caminho das vitórias, o técnico Daniel Paulista fará mudanças no setor defensivo contra o Londrina neste sábado, às 16h30, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), pela 29.ª rodada.

continua após publicidade

Em 28 jogos, o Guarani sofreu 31 gols - média de 1,1 gol por jogo. Em 17 rodadas, o clube sofreu, ao menos, um gol. O zagueiro Ronaldo Alves, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, está fora. Thales, que ficou fora da derrota para o Brusque por conta de suspensão, ganha a vaga ao lado de Carlão.

Outra novidade no setor será a volta de Bidu. Livre de suspensão, o lateral-esquerdo toma o lugar de Eliel. Na lateral direita, Mateus Ludke corre o risco de perder posição para Diogo Mateus, recuperado de lesão e que participou da última partida.

continua após publicidade

A partida terá o reencontro do Guarani com sua torcida após 589 dias. Como mandante, os paulistas registram sete vitórias, quatro empates e três derrotas.

"Nós temos ainda cinco jogos dentro de casa para fazer, e a volta do torcedor é extremamente importante, já que o Guarani junto com o rival da cidade são as duas únicas equipe que ainda não tiveram torcida dentro dos seus estádios e, com certeza, a torcida no campo, no estádio, influencia na rotina de jogo, muda a dinâmica da partida mesmo que seja em número reduzido", disse Daniel Paulista.

O Guarani tenta se manter na rota do G4 - a zona de acesso. O time de Campinas ocupa a oitava colocação com 42 pontos, a seis do objetivo, e começará jogando com Rafael Martins; Diogo Mateus (Mateus Ludke), Thales, Carlão e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Régis; Andrigo, Júlio César e Bruno Sávio.