Esportes

Com 2 gols de pênalti, Cruzeiro goleia e reage após derrota em clássico

Da Redação ·

Nada como uma goleada para se recuperar após uma derrota em clássico. Foi assim que o Cruzeiro se reabilitou neste domingo ao aplicar 5 a 1 no Pouso Alegre, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. O jogo foi válido pela 10ª e penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro.

continua após publicidade

O triunfo levou o Cruzeiro para a vice-liderança do Estadual, com 22 pontos, desbancando o Athletic Club, que tem a mesma pontuação, mas agora perde no critério do saldo de gols. Ambos estão três pontos atrás do líder Atlético.

Os três primeiros colocados já estão classificados para as semifinais. Já o Pouso Alegre vive situação totalmente oposta. Está 12ª e última colocação, lutando contra o rebaixamento, com apenas seis pontos.

continua após publicidade

Vindo de derrota no clássico com o Atlético-MG, por 2 a 1, no domingo passado, o técnico Paulo Pezzolano fez mudanças na equipe titular cruzeirense e deu chances para João Paulo e Waguininho. O time entrou em campo com Rafael Cabral; Rômulo, Oliveira, Eduardo Brock, Rafael Santos; Willian Oliveira, Fernando Canesin, João Paulo, Waguininho, Daniel Junior; Vitor Roque.

Apesar de já estar classificado, o Cruzeiro começou melhor e criou as primeiras chances de gol, com Waguininho, aos 6 minutos, e Rômulo, aos 11. Mais retraído, o Pouso Alegre demorou para buscar o ataque. E a partida só esquentou mesmo a partir dos 30 minutos. Foram três gols em menos de 10 minutos, a partir dos 36.

Após jogada de Waguininho e Canesin, Daniel aproveitou bate-rebate e mandou para as redes, abrindo o placar. Três minutos depois, Vitor Roque quase anotou o segundo dos anfitriões. Mas foi o Pouso Alegre que marcou, com Carlinhos, aos 40. Antes do intervalo, Waguininho aproveitou rebote e deixou o Cruzeiro mais uma vez na frente.

continua após publicidade

Apesar da vantagem no placar, o Cruzeiro começou o segundo tempo com mais iniciativa, posse de bola e mais investidas no ataque. Aos 7, Luanderson acertou a bola na mão dentro da área e a arbitragem confirmou a penalidade. João Paulo converteu a cobrança e ampliou a diferença no marcador.

O quarto gol cruzeirense também saiu em lance de pênalti. Aos 41, João Paulo levou um carrinho de Wesley e, na cobrança, o próprio meia bateu, balançou as redes e deixou o time da casa com ampla vantagem no placar.

Diante do abatimento do Pouso Alegre, o Cruzeiro arrancou o quinto gol nos acréscimos. O lateral Rafael Santos fez bela jogada individual e selou o placar, aos 46 minutos do segundo tempo.