Esportes

Com 18 casos da covid-19, Premier League tem recorde de infectados em uma semana

Da Redação ·

A Premier League, organizadora do Campeonato Inglês, anunciou nesta terça-feira que foram detectados 18 novos casos de covid-19 na bateria de testes realizada junto aos 20 clubes da elite da Inglaterra entre os últimos dias 21 e 27 em 1.479 jogadores e funcionários. Trata-se do maior número de infecções pelo novo coronavírus identificadas entre jogadores, superando as 16 que tinham sido registradas entre 9 e 15 de novembro.

continua após publicidade

No comunicado oficial, publicado nas suas plataformas digitais, os responsáveis pela organização da Premier League sublinham que "os jogadores ou funcionários dos clubes que testaram positivo irão ficar em isolamento profilático durante um período de 10 dias".

Desde o início da nova temporada, em setembro, 131 pessoas na principal divisão do futebol inglês tiveram resultados positivos para o novo coronavírus em 17 rodadas de testes.

continua após publicidade

A mesma nota acrescenta que não serão revelados pelo organismo quem são os infectados e quais os clubes a que pertencem. "A Premier League providencia esta informação agregada para propósitos da integridade e da transparência da competição. Não será providenciado qualquer detalhe específico quanto aos clubes ou indivíduos e os resultados serão tornados públicos após cada rodada de testes", finalizou.

Na segunda-feira, o Manchester City relatou vários casos positivos em seu time - dias depois que o atacante brasileiro Gabriel Jesus e o lateral-direito Kyle Walker testaram positivo -, forçando a liga a adiar o jogo contra o Everton, em Liverpool.

O centro de treinamento do Manchester City também foi fechado por precaução e seu próximo confronto - diante do Chelsea, neste domingo, em Londres - está em dúvida, com o técnico do time londrino, Frank Lampard, dizendo que a partida não acontecerá se não for segura para ambas as equipes.

O Arsenal também informou que o zagueiro brasileiro Gabriel teve teste positivo para a covid-19 e não estará disponível para as próximas duas partidas.