Clippers fazem 3 a 2 no Dallas e técnico protesta por negro baleado pelas costas - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Esportes

Clippers fazem 3 a 2 no Dallas e técnico protesta por negro baleado pelas costas

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Com 35 pontos de Paul George, o Los Angeles Clippers derrotou o Dallas Mavericks por 154 a 111, na noite de terça-feira, para abrir 3 a 2 na série válida pela primeira rodada dos playoffs da Conferência Oeste, na "bolha" montada pela NBA no complexo da Disney na Flórida.

Kawhi Leonard marcou 32 pontos e Montrezl Harrell adicionou 19 pontos e 11 rebotes para os Clippers, que estabeleceram o recorde da franquia de pontos em um jogo dos playoffs. E agora o time de Los Angeles tem a chance de fechar a série na quinta-feira.

No primeiro tempo, Leonard fez 22 pontos e George marcou 18 para ajudar os Clippers a irem para o intervalo vencendo pro 76 a 52. Tiveram vantagem de 27 pontos, tendo convertido 61% dos arremessos de quadra. E mantiveram o ritmo forte na segunda metade do jogo, tanto que chegaram a liderar o placar por 45 pontos.

Após atuação histórica no Jogo 4, com um "triple-double", 43 pontos e cesto no estouro do cronômetro, Luka Doncic marcou 22, tendo convertido 6 de 17 arremessos pelo Dallas. O técnico dos Mavericks, Rick Carlisle, foi expulso no terceiro quarto de um jogo com seis faltas técnicas e uma flagrante. O pivô Kristaps Porzingis ficou de fora com dores no joelho direito pelo segundo duelo seguido.

MAIOR DO QUE O BASQUETE - O técnico dos Clippers, Doc Rivers, ficou emocionado ao falar do caso de Jacob Blake, baleado pela polícia em Kenosha, Wisconsin, algo que gerou indignação e protestos nos Estados Unidos. Blake, um homem negro de 29 anos, foi baleado pelas costas, em cena vista pelos seus três filhos.

"Se você assistir aquele vídeo, você não precisa ser negro para se indignar. Você precisa ser americano e indignado. Como os republicanos ousam em falar sobre medo. Somos nós que precisamos ter medo. Nós somos os que temos de falar com cada criança negra. O que o pai branco tem para dar a seu filho, uma conversa sobre ser cuidadoso se for parado? É simplesmente ridículo. Isso prossegue. Não há cobranças. Breonna Taylor (americana negra morta pela polícia em sua casa), sem acusações. Nada. Todos estamos perguntando se vocês cumprem a Constituição. Isso é tudo que estamos pedindo. para todo mundo. Para todos", disse.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Clippers fazem 3 a 2 no Dallas e técnico protesta por negro baleado pelas costas"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.