Chileno sofre acidente e argentino assume a liderança das motos no Rally Dakar - TNOnline
Mais lidas

    Esportes

    Esportes

    Chileno sofre acidente e argentino assume a liderança das motos no Rally Dakar

    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O Rally Dakar, em sua segunda edição da história na Arábia Saudita, está chegando ao fim e a disputa pelo título está cada vez mais emocionante. Nas motos, a 10.ª e antepenúltima etapa entre as cidades de Neom e Al-Ula - com 342 km cronometrados de um total de 583 km -, foi marcada nesta quarta-feira pelo acidente e abandono do chileno José Ignacio Cornejo, então líder da classificação geral. Ela agora está nas mãos do argentino Kevin Benavides.

    A vitória da etapa ficou com o americano Ricky Brabec, após 3h12min33s, acompanhado pelo espanhol Joan Barreda Bort, 3min15s atrás, e por Benavides. Já Cornejo caiu no km 252 da prova. O chileno não se feriu, levantou-se e continuou na prova. Chegou em 11.º lugar, mas decidiu abandonar o rali por não se sentir bem após o acidente.

    Benavides assumiu a liderança geral, apenas 51 segundos à frente de Brabec. O britânico Sam Sunderland aparece em terceiro, já tirando Cornejo da disputa, com 10min36s de desvantagem para o primeiro colocado. Barreda vem a seguir com 15min40s de prejuízo para o argentino.

    Nos carros, a vitória ficou com o saudita Yazeed Al-Rajhi, após 3h03min57s, superando os favoritos Nasser Al-Attiyah, príncipe catariano que ficou em segundo lugar com desvantagem de 2min04s, e Stéphane Peterhansel, francês que terminou em terceiro e segue líder absoluto na classificação geral.

    Na classificação geral, Peterhansel segue líder tranquilo, com 17min01s de vantagem para Al-Attiyah. O espanhol Carlos Sainz - atual campeão do Rally Dakar -, o polonês Jakub Przygonski e o também espanhol Nani Roma aparecem na sequência.

    Entre os brasileiros, a dupla Marcelo Gastaldi e Lourival Roldan terminou na 11.ª posição nesta quarta-feira e ocupa o 29.º posto no geral. Guiga Spinelli e Youssef Haddad fecharam o dia em 27.º lugar e estão em 17.º no agregado de tempos.

    Nos UTVs, o Brasil foi bem nesta quarta-feira com Gustavo Gugelmin, que faz parceria com o americano Austin Jones. Os dois cruzaram a linha de chegada em segundo lugar e agora ocupam a segunda colocação na classificação geral. Já Reinaldo Varela e Maykel Justo terminaram a etapa na oitava posição e estão no quinto posto na competição.

    A 11.ª e penúltima etapa do Rally Dakar acontecerá nesta quinta-feira entre as cidades de Al-Ula e Yanbu. São 511 quilômetros de trecho cronometrado, o maior do rali, e 46 km de deslocamento, totalizando 557 km.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Chileno sofre acidente e argentino assume a liderança das motos no Rally Dakar"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.