Esportes

Chelsea oficializa contratação do atacante Sterling, ex-Manchester City

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A diretoria do Chelsea enfim oficializou a contratação do atacante Raheem Sterling, que deixou o rival Manchester City após sete anos. O clube de Londres teria desembolsado, de acordo com imprensa europeia, 47,5 milhões de libras, equivalente a R$ 304 milhões, pelo câmbio atual.

continua após publicidade

Sterling assinou contrato de cinco anos com o Chelsea, que passa por forte reformulação após trocar de dono - chegou a cogitar a contratação de Neymar nas últimas semanas. O jogador de 27 anos chega ao time de Londres com a missão de substituir o belga Romelu Lukaku, que voltou à Inter de Milão por empréstimo.

"Raheem Sterling é um vencedor em série e sua contratação é um passo importante para fortalecer o nosso elenco", disse Todd Boehly, um dos novos proprietários do Chelsea e atual presidente do clube.

continua após publicidade

Sterling se apresentou ao clube diretamente em Los Angeles, onde o Chelsea iniciou sua pré-temporada. "Em primeiro lugar, é um prazer estar aqui", declarou o atacante. "Claro que já consegui muitas coisas na minha carreira até agora, mas ainda há muito mais para alcançar. E estou muito ansioso para fazer isso com a camisa do Chelsea, sob o comando de Thomas (Tuchel)", disse o jogador, referindo-se ao seu novo treinador.

O atacante inglês chegou ao Chelsea com quatro títulos de Campeonato Inglês na bagagem, além de cinco troféus da Copa da Liga Inglesa e um da Copa da Inglaterra. Ele foi ainda vice-campeão da Liga dos Campeões da Europa na temporada retrasada. No total, foram 131 gols em 339 gols com a camisa do City.

Antes de se apresentar o Chelsea, Sterling divulgou em suas redes sociais um vídeo emocionado sobre sua despedida do ex-clube. "Sete temporadas, 11 troféus, uma vida inteira de memórias. Para a comissão técnica que teve um papel superimportante no meu desenvolvimento ao longo de anos, aos meus colegas, que se tornaram mais do que apenas companheiros de time, à equipe de funcionários do clube, dirigentes e fãs que me apoiaram incansavelmente, e a todos os envolvidos com o Manchester City, meu respeito a vocês não poderia ser maior", afirmou o jogador no vídeo.