Esportes

Chapecoense vence, deixa Z-4 e atrapalha Bahia na briga pela liderança da Série B

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Em um duelo marcado por duas expulsões e um gol logo nos primeiros minutos, a Chapecoense conseguiu acabar com um jejum de vitórias que já durava sete jogos ao bater o Bahia, em plena Arena Fonte Nova, em Salvador, pelo placar de 1 a 0, no jogo de abertura da 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time catarinense saiu da zona de rebaixamento e complicou a situação dos donos da casa na briga pela liderança.

continua após publicidade

Agora, a Chapecoense foi aos 15 pontos e abriu três da Ponte Preta, que atualmente é o primeiro time dentro da zona de rebaixamento, com 12 pontos. Já o Bahia perdeu a chance de encostar no líder Cruzeiro e continua estacionado na segunda colocação, com 25 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Vasco, que tem 24.

O duelo começou movimentado e a Chapecoense abriu o placar logo aos dois minutos. Depois de uma cobrança de falta, a bola foi alçada na área e Chrystian apareceu de cabeça para mandar para o fundo das redes. Quatro minutos depois, porém, o atacante Perotti deu uma entrada dura em um jogador do Bahia e depois do lance ser analisado pelo VAR, acabou expulso, o que atrapalhou totalmente o planejamento do time catarinense.

continua após publicidade

Com um jogador a mais, o Bahia ganhou espaço, passou a dominar a partida e procurar o empate a qualquer custo. Aos 16 minutos, Rodallega serviu Rildo na área, que ficou cara a cara com o goleiro, mas pegou mal na bola e isolou. A melhor chance aconteceu aos 40, quando Rodallega chutou firme e mandou na trave.

Na volta do intervalo, o Bahia seguiu fazendo pressão na área adversária, mas depois de algumas tentativas, viu sua superioridade numérica cair por terra. Isso porque o volante Patrick de Lucca levou o segundo cartão amarelo e também acabou expulso. Com o tempo a Chapecoense foi equilibrando o duelo e se segurou ainda mais defensivamente para tentar ficar com a vitória.

Sem perder a esperança, o Bahia seguiu tentando e criou a principal chance do empate no segundo tempo aos 37 minutos. Rildo fez pela jogada pela esquerda, deixou três marcadores para trás, mas acabou chutando em cima de Vagner, que fez uma defesa à queima roupa. Nos minutos finais, o duelo seguiu movimentado, mas a Chapecoense venceu mesmo por 1 a 0. Ao apito final, vaias dos torcedores, embora esta tenha sido a primeira derrota do Bahia em casa.

continua após publicidade

Os dois times voltam a campo em datas distintas pela 14ª rodada. No dia 21, a Chapecoense recebe o CRB, na Arena Condá, em Chapecó-SC, às 19h. Já no sábado (25), o Bahia joga mais uma vez em casa e recebe o Novorizontino, na Arena Fonte Nova, às 16h.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 0 X 1 CHAPECOENSE

continua após publicidade

BAHIA - Danilo Fernandes; Douglas Borel (Raí Nascimento), Ignácio (Rezende), Luiz Otávio e Djalma Silva (Luiz Henrique); Patrick de Lucca, Daniel e Lucas Mugni (Vitor Jacaré); Rildo, Rodallega e Matheus Davó (Gabriel Xavier). Técnico: Guto Ferreira.

CHAPECOENSE - Vagner; Pablo, Léo, Victor Ramos e Fernando; Pablo Oliveira (Guilherme Rend), Marcelo Freitas (Betinho), Tiago Real (Éderson) e Derek (Kevin); Perotti e Crystian (Frazan). Técnico: Gilson Kleina.

continua após publicidade

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores (SP).

GOL - Chrystian, aos dois minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Patrick de Lucca e Daniel (Bahia) e Chrystian, Kevin, Vagner e Pablo (Chapecoense).

CARTÕES VERMELHOS - Patrick de Lucca (Bahia) e Perotti (Chapecoense).

RENDA - R$ 572.780,00.

PÚBLICO - 26.197 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).