Esportes

Chapecoense faz 3 a 1 no Sampaio Corrêa e celebra 1ª vitória em casa na Série B

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A Chapecoense venceu a primeira partida em casa nesta Série B do Campeonato Brasileiro e de quebra acabou com a sequência de duas derrotas seguidas. O time catarinense findou com jejum na Arena Condá nesta sexta-feira à noite, na abertura da 16ª rodada ao bater o Sampaio Corrêa por 3 a 1.

continua após publicidade

O time catarinense tinha empatado duas vezes - com Ituano e Vasco - e havia sofrido quatro derrotas - Cruzeiro, Sport, Criciúma e CRB - diante de seus torcedores. A primeira vitória diante da torcida fez o time se distanciar momentaneamente do Z-4. Com 18 pontos é o 13º colocado. O Sampaio Corrêa continua sem vencer fora de casa e com 19 pontos é o 10º colocado.

Na próxima terça-feira, a Chapecoense joga novamente em casa, em jogo adiado da 10ª rodada, contra o Londrina. Depois, joga no próximo sábado (9), quando, já na 17ª rodada, enfrenta o Tombense-MG como visitante. O Sampaio Corrêa joga no mesmo dia diante do Ituano, no estádio Castelão, em São Luis (MA).

continua após publicidade

A Chapecoense iniciou pressionando e logo aos dois minutos, Orejuela chegou pela direita e bateu cruzado para a boa defesa de Gabriel Batista. Após os dez minutos, o Sampaio Corrêa melhorou e apostando em jogadas pelo lado direito começou a chegar ao gol de Vagner.

Aos dez, Ygor Catatau cabeceou sozinho e levou perigo. Aos 15, Mateusinho levantou da direita e Gabriel Poveda mandou de peixinho, triscando a trave do goleiro da Chapecoense. O visitante teve ainda mais uma chance aos 40 minutos, com Pionteck chutando forte e a bola passando perto.

Apesar de ter sido dominada no primeiro tempo, a Chapecoense quase abriu o placar no final, quando Matheus Bianqui, em jogada individual, chutou forte e arrancou uma boa defesa de Gabriel Batista.

continua após publicidade

Se faltaram gols no primeiro tempo, a etapa final começou com a rede balançando. Em contra-ataque veloz da Chapecoense logo no primeiro minuto, Orejuela cruzou pela direita, Lucas Hipólito foi tirar e acabou desviando ao gol, marcando contra.

Orejuela autor do cruzamento do gol era a principal arma ofensiva do time da casa. Aos 19 minutos, após cruzamento dele e desvio de Éderson, Matheus Bianqui se jogou na bola para acertar o travessão do Sampaio Corrêa. Com Rafael Costa de cabeça, aos 25, o Sampaio Corrêa criou sua primeira chance real de gol no segundo tempo.

O time da casa fez o segundo gol aos 34 minutos, com Lima acertando um chute de fora da área e marcando um golaço. Quando todos pensavam que o time catarinense tinha sacramentado a vitória, o Sampaio diminuiu, aos 39 minutos, com Ygor Catatau, de cabeça, após escanteio pela direita.

continua após publicidade

Os últimos minutos foram de pressão maranhense, mas num contragolpe, aos 48 minutos, Marcelo Santos fez o terceiro gol. Ele entrou pelo lado direito dividindo com a defesa e apareceu para deslocar do goleiro.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

CHAPECOENSE 3 X 1 SAMPAIO CORRÊA

CHAPECOENSE - Vagner; Frazan (Ronei), Léo, Victor Ramos e Fernando; Matheus Bianqui (Claudinho), Marcelo Freitas, Lima e Tiago Real (Marcelo Santos); Éderson (Derek) e Orejuela (Luizinho). Técnico: Gilson Kleina.

SAMPAIO CORRÊA - Gabriel Batista; Mateusinho (Renatinho), Allan Godoi, Nilson Júnior e Lucas Hipólito (Pará); Ferreira (Eloir), André Luiz e Rafael Vila (Maurício); Gabriel Poveda, Pionteck (Rafael Costa) e Ygor Catatau. Técnico: Léo Condé.

continua após publicidade

GOLS - Lucas Hipólito (contra) a um, Lima, aos 34, Ygor Catatau, aos 39 e Marcelo Santos, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araujo (SP).

CARTÕES AMARELOS - Tiago Real e Matheus Bianqui(Chapecoense) e Allan Godoi e Rafael Vila (Sampaio Corrêa).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).