Esportes

Caleb Ewan vence 11ª etapa da Volta da França em final emocionante; Roglic lidera

Da Redação ·

Em uma chegada emocionante e polêmica, o australiano Caleb Ewan venceu nesta quarta-feira a 11.ª etapa da Volta da França, a prova mais tradicional do mundo no ciclismo de estrada, que teve um percurso no plano de 168 km entre as cidades de Châtelaillon e Poitiers. Depois de quatro horas de pedaladas, o ciclista da Lotto levou a melhor e, com a diferença de pouco mais de um pneu, deixou o eslovaco Peter Sagan na segunda posição, com o irlandês Sam Bennet em terceiro também a centímetros do vice, fechando o Top 3.

continua após publicidade

No entanto, por causa de um toque de forma deliberada que deu no belga Wout Van Aert na parte final do sprint, Sagan foi punido e relegado para o último lugar do pelotão de chegada, perdendo os 30 pontos que ganharia pela segunda posição da etapa. Aert ficou com o quarto lugar nesta quarta-feira.

Ewan precisava vencer para se aproximar dos líderes Sagan e Bennet na luta pela liderança por pontos (camisa verde). É agora o quarto colocado com 155, atrás do líder Bennet, que tem 243, de Sagan, segundo com 175, e do francês Bryan Coquard, que já somou 157.

continua após publicidade

Como esta foi uma etapa plana e com todos chegando em bloco (os 101 primeiros colocados tiveram o tempo do líder), a emoção ficou mesmo com os velocistas. Entre os ciclistas que disputam o título da classificação geral (camisa amarela), nenhuma mudança. Assim, segue o esloveno Primoz Roglic liderando com 21 segundos de vantagem para o campeão de 2019, o colombiano Egan Bernal.

A 12.ª etapa da Volta da França nesta quinta-feira será entre as cidades de Chauvigny e Sarran Corréze, com o percurso mais longo desta edição, tendo um total de 218 km. Trata-se de um circuito de montanha, com média dificuldade e possibilidade de vitória da fuga ou de algum dos ciclistas do Top 10 da classificação geral. Diferentemente das duas últimas etapas, os velocistas devem passar muito longe dos primeiros lugares.