Esportes

Buscando ajustar ataque do Santos, Carille tem conversa ao pé do ouvido de Ângelo

Da Redação ·

Fabio Carille ainda não encontrou o ataque ideal do Santos e pode optar por um time mais veloz e jovem contra o América-MG, sábado, da Vila Belmiro. Depois de deixar aberta a possível volta de Gabriel Pirani, o treinador teve conversa ao pé do ouvido do jovem Ângelo na reapresentação do elenco, nesta terça-feira.

continua após publicidade

O garoto de 16 anos já entrou nos minutos finais contra o Sport, na Arena Pernambuco, na rodada passada, e vem sendo preparado pelo novo técnico para ganhar mais minutos de jogo. Ele está chamando a atenção do técnico nos treinos.

Carille vem mexendo muito no setor ofensivo santista, mas nada deu certo até agora. Marcos Guilherme virou ala e agora está na reserva. Léo Baptistão e Raniel se revezaram na posição de centroavante e Diego Tardelli já apareceu como armador. Quem agora pode perder a vaga é Lucas Braga, até então sem convencer o "chefe".

continua após publicidade

Desde a chegada de Carille, o Santos disputou sete jogos, ganhou somente do Grêmio, com gol nos acréscimos e de um zagueiro, e não pode voltar a tropeçar contra o América-MG, na Vila Belmiro, sob forte ameaça de ir para a zona de rebaixamento - é o 15º, com 29 pontos. Bahia e Juventude somam 28 e o Sport, 27.

O treinador tem sua terceira semana livre de trabalhos para tentar resgatar o Santos ofensivo que marcava bastante gols da temporada passada. O time vem clamando pelo apoio da torcida, mas sabe que precisa render mais para evitar transformar o incentivo em um adversário a mais em campo. Gols seriam a solução, até então, coisa rara com Carille. Sob sua direção, foram apenas três bolas na rede.

Além da preocupação com o ataque, ainda há a dúvida no gol. Nesta terça-feira, sob chuva em Santos, João Paulo e Jandrei trabalharam lado a lado. Os goleiros disputam a vaga de titular contra os mineiros e Carille ainda não definiu quem estará debaixo das traves na Vila Belmiro.