Esportes

Bruno Guimarães fala sobre expectativa após convocação para a seleção olímpica

Da Redação ·

O volante Bruno Guimarães, ex-Athletico-PR e atualmente no Lyon, da França, convocado para a seleção brasileira olímpica, falou sobre a expectativa dos Jogos de Tóquio-2020 e da preparação da equipe. O grupo do técnico André Jardine irá encarar os times de Cabo Verde e da Sérvia antes da convocação final para o grande evento esportivo no Japão.

continua após publicidade

"É muito importante para mim. Sempre deixei claro em todas as entrevistas que eu sempre tive o desejo desse sonho olímpico. Eu tô aqui, tô muito motivado, como se fosse a primeira vez, apesar de já me sentir em casa, estar bem ambientado com todo mundo. É uma emoção muito grande. Para mim, vestir a camisa do Brasil é muito gratificante. A gente espera fazer bem esses dois amistosos que a gente vai ter pela frente", disse Bruno Guimarães.

O volante seguiu comentando sobre a preparação da seleção para os dois últimos amistosos antes da Olimpíada. "Se eu não me engano, é a última preparação, então quem quer estar na Olimpíada tem que provar muito nesses dois jogos. É o que eu espero de todo mundo e tenho certeza que todo mundo vai dar o seu melhor para estar na Olimpíadas", falou o jogador do Lyon.

continua após publicidade

A seleção olímpica começou a desembarcar na Sérvia na segunda-feira. 13 atletas já estão à disposição de André Jardine para o período de preparação: Vitão, Rodrygo, Gabriel Brazão, Reinier, Martinelli, Lizieiro, Nino, Evanilson, Antony, Gabriel Magalhães, Bruno Guimarães, Luiz Felipe e Malcom. Após mais de 14 horas de voo entre São Paulo e Sérvia, com uma conexão na Suíça, os atletas aproveitaram o dia para descansar.

O meio-campista Lizieiro, do São Paulo, é uma das novidades da lista. O jogador, campeão recentemente do Campeonato Paulista, comentou sobre a oportunidade de mostrar o futebol há poucas semanas dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

"É o sonho de todo jogador vestir a camisa da seleção. Ter sido campeão paulista me dá ainda mais motivação para trabalhar aqui e buscar meu espaço. Saber que está próximo das Olimpíadas também é mais um incentivo. A qualidade dos jogadores daqui é imensa. É um privilégio estar aqui com esses caras e quero aprender o máximo", destacou o atleta, que retorna à seleção após convocações na categoria sub-17.

O Brasil enfrenta Cabo Verde, neste sábado, e a Sérvia, no próximo dia 8 (terça-feira). Os dois jogos serão às 14 horas (de Brasília).