Esportes

Brasil fica em 7º no salto triplo e no revezamento 4x100 no Mundial de Atletismo

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Brasil entrou em ação na madrugada deste domingo no Campeonato Mundial de Atletismo e obteve o sétimo lugar no revezamento masculino 4x100 e também no salto triplo. As competições foram realizadas no estádio Hayward Field, em Eugene, nos Estados Unidos.

continua após publicidade

No revezamento 4x100 m, a equipe brasileira fechou a prova em 38s25 e o time foi formado por Rodrigo do Nascimento, Felipe Bardi, Derick Souza e Erik Cardoso. O tempo foi o melhor resultado do time nacional na temporada.

"Nossa passagem foi melhor, mas o individual de cada um não foi bom", resumiu Rodrigo do Nascimento.

continua após publicidade

A medalha de ouro ficou com o Canadá que superou o favoritismo dos Estados Unidos. Os americanos terminaram em segundo lugar. O quarteto que garantiu o lugar mais alto do pódio foi formado por Aaron Brown, Jerome Blake, Brendon Rodbey e Andre de Grasse. O tempo obtido pelos canadenses foi de 37s48 contra 37s55 dos americanos.

A Grã-Bretanha terminou a prova em terceiro lugar e garantiu o bronze com a marca de 37s83.

No salto triplo, Almir Júnior saltou 16,87 m em sua terceira tentativa e acabou terminando na sétima colocação.

continua após publicidade

"Feliz porque consegui obter uma constância de resultados abaixo do que eu esperava. Quero ser constante acima dos 17 metros. Infelizmente não consegui encaixar a prova para cima, mas não faltou luta e vontade", disse o brasileiro.

Na modalidade, o ouro ficou com o português de origem cubana Pedro Pichardo que cravou 17,95 m. Hurques Fabrice Zango, de Burkina Fasso terminou em segundo com 17,55 m e o bronze acabou com o chinês Yaming Zhu, com 17,31 m.