Bottas exalta atuação em triunfo na Áustria e Hamilton se conforma com punição - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Esportes

Bottas exalta atuação em triunfo na Áustria e Hamilton se conforma com punição

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Após vencer a primeira corrida da temporada 2020 da Fórmula, Valtteri Bottas enumerou os feitos que realizou para cruzar a linha de chegada na Áustria em primeiro. Diante de uma corrida repleta de incidentes e abandonos, o finlandês citou o êxito que teve em segurar a pressão dos adversários e a tranquilidade no momento de tensão ampliada com as várias entradas do safety car na pista.

"Havia definitivamente muita pressão durante a corrida. Um safety car tudo bem, mas quando o último entrou eu estava tipo 'sério, de novo?'", destacou o piloto da Mercedes.

Bottas liderou a corrida de ponta a ponta, apesar da série de reviravoltas, para obter a oitava vitória na carreira, a segunda na Áustria, onde também havia triunfado em 2017. Ele exaltou sua atuação no circuito de Spielberg e celebrou o início vitorioso.

"Houve tantas oportunidades para Lewis assumir a liderança se eu cometesse um pequeno erro e ele foi muito rápido hoje, mas consegui controlar essa pressão também. Tivemos que controlar muito o carro, não pude usar as zebras como gostaria, e em determinados momentos eu fiquei muito preocupado. Mas conseguimos chegar ao final e não há melhor maneira de começar a temporada", analisou o líder do campeonato.

PUNIÇÃO - Lewis Hamilton se mostrou conformado com a punição de 5s imposta pelos comissários da prova e que o deixou fora do pódio, no quarto lugar. Depois da corrida, o piloto inglês lamentou o toque na Red Bull do tailandês Alexander Albon, que rodou e acabou fora da prova, mas disse que foi um incidente. No GP do Brasil do ano passado, os dois já haviam protagonizado uma disputa com desfecho semelhante ao deste domingo.

A dez voltas do fim, Albon tentou ultrapassar Hamilton na parte externa da curva 4, quando houve contato entre a traseira direita de sua Red Bull e a dianteira esquerda da Mercedes de Hamilton, que seguiu na corrida e, não fosse a sanção, terminaria em segundo. O hexacampeão mundial também afirmou que não ficou desestabilizado emocionalmente com o fato de perdido três posições no grid e largado em quinto.

"É claro que não foi um ótimo final de semana para mim, e ontem foi minha culpa. "Foi um pouco estranho hoje, de repente, receber a penalidade, mas isso não me desestabilizou", ressaltou Hamilton, em alusão à perda de três posições no grid de largada.

"Obviamente, tive um bom ritmo para alcançar Valtteri e, em seguida, uma situação realmente infeliz com Alex (Albon). Não consigo acreditar que nos tocamos outar vez. Realmente pareceu um incidente de corrida. Mas, de qualquer maneira, vou aceitar qualquer penalidade que achar que mereça e seguir em frente", salientou.

Hamilton terminou fora do na Áustria pelo quarto ano consecutivo. O inglês terá uma nova chance para mudar esse cenário, uma vez que a próxima corrida, agendada para o próximo domingo, dia 12, será de novo no circuito de Spielberg.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Bottas exalta atuação em triunfo na Áustria e Hamilton se conforma com punição"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.